Wickens “tira chapéu” para Pagenaud por disputa “acirrada, mas limpa” no GP de Toronto

A disputa entre Robert Wickens e Simon Pagenaud foi uma das melhores do GP de Toronto. E ambos elogiaram o rival, destacando a lealdade no embate acirrado

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Robert Wickens e Simon Pagenaud disputaram a segunda colocação do GP de Toronto neste domingo (15). O canadense explicou que perdeu a posição para o francês nos boxes ao cometer um erro na volta para a pista. Aí, com os pneus frios, Pagenaud conseguiu defender o segundo posto e recebeu elogios do rival. 

 
Para Wickens, a volta de Pagenaud na frente era esperada, mas a briga depois disso merece destaque. O novato elogiou a forma como Simon se defendeu e o fato de terem apenas encostado um no outro, sem nada de irregular.
 
"Já estava esperando que ele me passasse nos boxes porque cometi um erro na minha volta de saída para a pista. Eu estava pensando a volta toda depois em como teríamos de brigar e que eu precisaria dar tudo de mim. Tentei na curva 1, ele se defendeu. Aí teve uma briga acirrada, uns toques, mas limpa. Eu tentei frear o mais tarde possível, mas ele conseguiu bloquear. Ele merece muitos créditos, Simon se segurou com os pneus ainda frios. Tiro meu chapéu para ele, foi apenas uma grande disputa", definiu.
Pódio em Toronto com Scott Dixon, Simon Pagenaud e Robert Wickens (Foto: IndyCar)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

E Simon basicamente repetiu as palavras de Wickens, exaltando o tipo de disputa que tiveram. Para o campeão de 2016, a Indy foi bem resumida no duelo do fim de prova.

 
"Acho que se um de nós tivesse ficado com o carro danificado as nossas respostas seriam diferentes, mas não aconteceu nada disso, entendo que foi só uma disputa dura, mas limpa. Ele fez o que dava e eu consegui me defender ali. Claro que a ideia não é jogar o outro no muro ou que ambos batam, a chave é achar o limite aí. Foram dois pilotos extremamente profissionais duelando. Essa é a Indy", explicou. 

Os dois fazem temporadas bem parecidas na pontuação, mas Wickens é um dos destaques do ano com a mediana Schmidt Peterson, enquanto Pagenaud tem decepcionado com a Penske.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube