Wilson surge no fim e lidera 2° treino livre em Mid-Ohio marcado por acidente com Castroneves

Justin Wilson foi o mais rápido no segundo treino livre em Mid-Ohio neste sábado (4). A sessao foi marcada por acidente entre Helio Castroneves e Mike Conway na curva 2 da pista norte-americana. O brasileiro saiu do carro aparentando dor na mão esquerda

O último treino antes da classificação da Indy em Mid-Ohio neste sábado (4) foi agitado e marcado por um acidente entre Helio Castroneves e Mike Conway na curva 2 da pista norte-americana, quando a sessão se aproximava dos dez minutos finais. O brasileiro, que terminou as atividades em 15°, aparentou ter machucado a mão esquerda no incidente. Já no topo da tabela de tempos quem apareceu foi Justin Wilson. O inglês da Dale Coyne conseguiu a marca de 1min06s301 já com o cronômetro zerado.

Wilson liderou o segundo treino livre em Mid-Ohio (Foto: INDYCAR/USA)

Simon Pagenaud fechou em segundo, logo à frente de Will Power. Castroneves ainda terminou o treino em 15°, um posto à frente de Rubens Barrichello. Tony Kanaan foi o 19°. 

Saiba como foi o segundo treino livre da Indy em Mid-Ohio neste sábado

Diferente do primeiro treino, a segunda sessão livre da Indy em Mid-Ohio começou agitada, com todo mundo querendo aproveitar ao máximo os 60 minutos das últimas atividades antes da classificação de logo mais. E quem primeiro apareceu na frente foi Marco Andretti.

Primeiro, o norte-americano virou tempos altos, na casa de 1min17, mas, à medida que a pista foi melhorando, as marcas também foram baixando. Com seis voltas, o neto de Mario Andretti já tinha 1min11s857. 

Atrás de Andretti a briga era intensa. Tony Kanaan, Rubens Barrichello, Helio Castroneves, Josef Newgarden e Scott Dixon ainda surgiram na segunda posição antes de Ryan Hunter-Reay aparecer e cravar a melhor marca da sessão até ali, em 1min11s062. 

A liderança, entretanto, ficou pouco na mão do atual comandante do campeonato, já que Newgarden, aproveitando uma volta livre de tráfego, conseguiu 1min10s965, saltando para a ponta. Hunter-Reay, Graham Rahal, Andretti, James Hinchcliffe, Kanaan, Castroneves, Dixon e Barrichello completavam o top-10.

Mas aí Marco voltou à pista e bateu na casa de 1min08s856. Castroneves também veio bem e pulou para segundo, apenas 0s170 do norte-americano. Mas Helio ainda ficou no traçado por mais uma volta, que foi suficiente para virar 1min08s662. A marca o colocou na ponta. Kanaan aproveitou o bom momento na pista e, com uma diferença de 0s023 da Helio, se posicionou em segundo.

O treino, entretanto, seguia intenso. E logo o tempo do brasileiro da Penske foi superado por Newgarden e Pagenaud, respectivamente. Aí Will Power surgiu no topo da tabela pela primeira vez na sessão, mas logo viu Dario Franchitti assumir a ponta. Aí Castroneves deixou de novo os pits e, em sua primeira volta rápida, voltou à liderança, com 1min07s797.

Mas Power ainda estava em um giro muito rápido. O australiano assumiu a ponta com pequena vantagem para o companheiro de equipe. Mas a coisa seguia indefinida. JR Hildebrand também estabeleceu um ritmo forte na sequência e pulou para a ponta, trazendo junto Ryan Briscoe, que em seguida surgiu no comando da tabela, com 1min07s107. Kanaan logo apareceu em segundo, com um Bourdais muito forte em terceiro.

Hinchcliffe, Hildebrand, Oriol sevrià, Graham Rahal, Power, Viso e Castroneves fechavam o top-10 com pouco mais de 20 minutos para o fim da sessão. Barrichello era apenas o 22°.

E o primeiro a virar tempo abaixo da casa de 1min07 foi Hinchcliffe. O canadense da Andretti colocou seu nome no topo da lista de tempos com a marca de 1min06s908. Pagenaud também apareceu bem em segundo, empurrando Bourdais para terceiro e Briscoe para quarto. Dixon, Kanaan, Hildebrand, Franchitti e Andretti vinham na sequência. 

Com 18 minutos para o fim, Dixon tomou a ponta para si ao virar 1min06s853. Mas viu Franchitti roubar a primeira posição, com um tempo um décimo melhor. Aí foi a vez de Power aparecer em primeiro, 0s028 na frente de Dario. Mas um incidente entre Castroneves e Mike Conway na curva 2 provocou uma bandeira vermelha. Ao sair do carro, o brasileiro pareceu sentir dor na mão esquerda. 

No retorno das ações, a sessão ficou bastante agitada. Dixon, então, pulou para frente, mas logo foi superado por Pagenaud que, por sua vez, viu Justin Wilson surgiu na ponta já com o cronômetro zerado. O inglês da Dale Coyne saltou para a liderança ao conseguir 1min06s301. Pagenaud, Power, Dixon e Hinchcliffe completaram os cinco primeiros.

Entre os brasileiros, Castroneves ainda terminou em 15°, uma posição à frente de Rubens Barrichello. Tony Kanaan finalizou no 18° posto.

Indy, GP de Mid-Ohio, treino livre 2:

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube