Barrichello Hero #71 herda vitória das 500 Milhas após confusão generalizada. Scuderia GP estreia com pódio

O kart #71 da equipe Barrichello Hero foi conduzido à vitória por uma porção de nomes, mas quem assumiu a ponta no fim das 500 Milhas da Granja Viana foi Rafael Suzuki. Na categoria Thunder Light, a Scuderia GP estreou na corrida com um pódio

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de toda a confusão envolvendo as equipes de Felipe Massa e Bia Figueiredo – que acabaram desclassificadas pela briga de bar generalizada coroada na pista pela pancadaria entre Tuka Rocha e Rodrigo Dantas -, a vitória da edição 2017 das 500 Milhas da Granja Viana caiu nas mãos do carro #71 da Barrichello Hero. Foi Rafael Suzuki o piloto que recebeu a quadriculada.

 
Líder nas primeiras horas de corrida, o #71 havia perdido campo para os carros da MDG Matrix, de Massa, e de uma dupla de carros da Sambaíba. Com os três desclassificados, a equipe de Rubens Barrichello partiu para a vitória.
 
Os outros pilotos inscritos para o kart campeão, além de Barrichello e Suzuki, eram Diego Nunes, Rafael Nunes, Arthur Lesit, Beto Cavaleiro, Kiko Porto, Gary Carlton, João Cunha e Eduardo Barrichello. 
Rubens Barrichello (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A segunda colocação ficou com o Jaguar #33 de Pedro Piquet, enquanto o #319 da Americanet terminou com o terceiro posto pelas mãos de José Ricardo. O pódio, constituído pelos seis primeiros, ainda teve o Shell #2, o CPKA #11 – que era Thunder Light – e o Jaguar #30.
 
Na classe Thunder Light, Marcos Renato Cipriano levou o CPKA #11 ao triunfo. O segundo posto teve o #27 da Mondial, com Lucas Ruaro Zanchet.
O pódio da Scuderia GP nas 500 Milhas de Kart (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Destaque, porém, para a estreia da Scuderia GP. Na primeira participação da equipe oficial do GRANDE PRÊMIO nas 500 Milhas, um pódio. Gustavo Ariel foi quem cruzou a quadriculada apra receber o trofepu do terceiro posto. 
 
Além de Ariel, Allyson Nazario, Ricardo Talarico, Alício del Nero, Alfredo Saraiva e Miguel Capuccio foram os pilotos da Scuderia GP. O Grupo Financial, a Petcon e a Mondial, com os karts #177, #555 e #26, fecharam o pódio da Light.
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube