12: Hamilton aproveita treta entre Vettel e Webber para vencer: o GP da Turquia de 2010

Lewis Hamilton enfim voltou a subir ao degrau mais alto do pódio. O inglês tirou proveito do acidente entre os dois carros da Red Bull e ainda se defendeu do companheiro Jenson Button para levar a corrida turca

Lewis Hamilton contava com novo companheiro para a temporada que abria os anos 2010: Jenson Button, o campeão mundial vigente. Quando chegaram a Istambul, sétima prova daquela temporada, Button já havia vencido duas corridas e Lewis seguia zerado. Uma vitória era fundamental para entrar na briga pelo título.

Largando em segundo, Hamilton comboiou o líder Mark Webber, da Red Bull, até que a McLaren teve dificuldades para colocar os pneus durante o pit-stop. O tempo perdido jogou o inglês para terceiro, atrás de Sebastian Vettel.

Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

Lewis Hamilton faturou o GP turco (Foto: Bridgestone Motorsport)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O que parecia uma dobradinha da Red Bull, porém, virou um drama. Vettel atacou Webber e os dois colidiram, abrindo caminho para as McLaren assumirem a dianteira. A equipe deu a ordem para que a dupla levasse o carro para casa, mas Button fez de ‘João sem braço’ e foi para cima. Chegou a incomodar, mas Hamilton se defendeu e, com nove voltas para o final, desfilou rumo à vitória para 1-2 de Woking.

A vitória colocou a McLaren na ponta momentânea do Mundial de Construtores, enquanto Lewis era terceiro entre os Pilotos: nove pontos atrás de Webber e seis na frente de Vettel.

As vitórias de Lewis Hamilton na Fórmula 1 em imagens

Lewis Hamilton levou o GP da Hungria deste ano (Foto: Mercedes)


GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube