21: Hamilton conquista última vitória pela McLaren: o GP dos Estados Unidos de 2012

Na primeira vez que pisou no Circuito das Américas, Lewis Hamilton rapidamente se sentiu à vontade. Tanto que venceu por lá logo de cara, na primeira edição do GP dos EUA em Austin, no Texas

Apesar de ser inglês, Lewis Hamilton parece se sentir muito em casa no Estados Unidos. Depois de ter vencido no mítico circuito de Indianápolis, em 2007, o piloto teve uma nova chance de trunfar em solo americano. Após anos se ausência, a Fórmula 1 voltava a atravessar o Atlântico, agora em um novo palco, o Circuito das Américas.

Mas aquela temporada 2012 vinha acirrada, e a disputa principal se concentrava em Sebastian Vettel e Fernando Alonso na parte final. Ambos lutavam por um tricampeonato. Enquanto isso, a McLaren comia pelas beiradas, já que não tinha o melhor carro do grid. No sábado, a pole ficou com o alemão da Red Bull. Hamilton assegurou o segundo posto.

Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

Lewis Hamilton faturou a primeira edição do GP dos EUA em Austin (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

No dia seguinte, Vettel dominou nada menos que 41 das 56 voltas do GP dos Estados Unidos. Só que Lewis não desistiu: ficou no encalço de Seb o tempo inteiro, o alcançou e fez a ultrapassagem na zona de DRS – da asa móvel. A partir daí, seguiu para a vitória. Alonso, de Ferrari, completou o pódio texano da F1.

Aquela também foi a última vitória de Hamilton pela McLaren, a equipe que descobriu e formou o campeão.

As vitórias de Lewis Hamilton na Fórmula 1 em imagens

Lewis Hamilton é o recordista de poles da F1 (Foto: Mercedes)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube