37: Hamilton anula pressão de Rosberg e volta a vencer: o GP do Canadá de 2015

Há algo no Canadá que faz bem a Lewis Hamilton. Por isso, o inglês quase sempre colocar imbatível por lá e, em 2015, não foi diferente

Em Montreal, Lewis Hamilton dominou os treinos livres e a classificação do GP do Canadá, garantindo a pole-position de número 44 na carreira. Na largada, não deu chance alguma ao companheiro Nico Rosberg, pulando muito bem e fechando o alemão, que precisou se preocupar com Kimi Räikkönen na primeira curva.

Lewis controlou o ritmo na primeira parte da corrida, segurando o colega de Mercedes e mantendo a distância entre 3 e 4s até a volta 29, quando fez o único pit-stop da corrida, trocando os pneus supermacios pelos macios.

O problema é que o ritmo de Rosberg após a parada era melhor, e a diferença passou a ficar na casa de 1s. Para azar do alemão, a Mercedes pediu economia nos dois carros, já que Hamilton precisava poupar combustível e Nico sofria com problemas nos freios.

Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

Lewis Hamilton é aplaudido pela Mercedes após vencer o GP do Canadá (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Rosberg não conseguiu promover uma ameaça real mesmo com a diferença despencando. Hamilton cruzou a linha de chegada em primeiro pela 37ª vez e aumentou a vantagem no campeonato para 17 pontos. Valtteri Bottas, de Williams, foi o terceiro.

“Eu amo Montreal. É realmente especial vencer aqui de novo, no lugar onde venci pela primeira vez em 2007. O time fez um trabalho fantástico, então quero agradecer a todos. Não diria que foi um alívio, pois tive um ritmo bom nas últimas duas corridas, só estou feliz por vencer mais uma vez. Ficou bem apertado depois das paradas, acho que Nico estava próximo por estar com menos combustível, então precisei economizar um pouco enquanto segurava a vantagem. Foi apenas igualando os tempos volta após volta. Tive algumas fritadas de pneu, mas dei sorte por não serem ruins ao ponto de causarem problemas, então me senti em controle. Em nome de todos da equipe, gostaria de dedicar isso ao pai do meu engenheiro Bono [Peter Bonnington], que faleceu na semana passada. Bono passou por momentos difíceis, mas foi fantástico durante todo o fim de semana, então este é para ele”, declarou Hamilton após a corrida.

As vitórias de Lewis Hamilton na Fórmula 1 em imagens

(Foto: AFP)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube