46: Hamilton impõe derrota doída a Rosberg na última volta: o GP da Áustria de 2016

A corrida no Red Bull Ring começou morna, mas esquentou na parte final quando Lewis Hamilton partiu para cima de Nico Rosberg. O alemão tentou impedir a ultrapassagem, bateu no companheiro e se deu mal. Melhor para o inglês, que venceu

Como tudo o que está ruim pode ficar pior, a rivalidade entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg estourou, na Áustria, o basilar princípio de convivência entre companheiros de equipe. É lei não escrita, mas qualquer cantinho de autódromo sabe que um não pode bater no carro do outro.

Mas foi justamente isso o que fizeram e, ao invés de outra vitória tranquila para a Mercedes, aquele 3 de julho, no Red Bull Ring, de tão tenso, nem parecida que a marca da estrela vencera pela oitava vez naquela temporada.

Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

Lewis Hamilton saiu ileso do toque de Nico Rosberg para vencer na Áustria (Foto: Mercedee

Até aquela fase com campeonato, com oito provas realizadas, Rosberg já somava cinco triunfos e liderava desde o primeiro GP. Com duas, Hamilton vinha na rabeira naquele mano a mano e chegou à Áustria com 24 pontos de desvantagem para o rival.

Sabendo que precisaria vencer, tratou de fazer a pole e ainda viu o alemão cair de 2º para 6º, punido por troca da caixa de câmbio. O inglês largou na frente e lá ficou até a volta 22, quando fez um pit problemático e perdeu a ponta para Rosberg.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O comboio prateado seguia com ares de normalidade, indicando nova dobradinha, até que, na volta 53, Hamilton calçou pneus macios. Na volta seguinte, Nico também fez seu último pit, mas retornou com os supermacios. A diferença de composto gerou até uma rápida discussão entre o inglês e seu engenheiro.

Com as paradas, Max Verstappen passou a liderar. Os dois pilotos da Mercedes tiveram de trabalhar duro contra o holandês. Quando as posições originais foram restabelecidas, faltando nove voltas para o final, os pneus de Hamilton estavam em melhores condições, e ele partiu para o ataque.

Foi um confronto de alto nível, até que Rosberg perdeu o bico ao tentar impedir a ultrapassagem na última volta. Num bom português, tentou fechar e se deu mal. Perdeu a corrida que parecia ganha, viu a vantagem na pontuação despencar para 11 pontos e só conseguiu cruzar em quarto.

As vitórias de Lewis Hamilton na Fórmula 1 em imagens

(Foto: Mercedes)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube