Mirando 2015, Varela lamenta abandono no Dakar e avalia: “Tivemos uma infelicidade”

Após abandonar o Dakar na quinta etapa por conta de problemas mecânicos, Reinaldo Varela já fala na preparação para 2015. Piloto da equipe Mitsubishi Petrobras avaliou que, sem a falha mecânica, poderia ter completado a prova entre os melhores

As imagens do sexto dia do Rali Dakar

A dupla formada por Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin teve de abandonar a edição 2014 do Rali Dakar após um problema elétrico com o Mitsubishi ASX durante a quinta etapa da competição, realizada entre Chilecito e San Miguel de Tucumán. Com a saída dos pilotos da Mitsubishi Petrobras, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad passam a ser os únicos brasileiros na prova.
 
“Nós tivemos um problema elétrico no carro que impedia o pedal do acelerador funcionar”, explicou Varela. “Então o carro ligava, mas não acelerava. Isso tudo em um lugar muito difícil que não dava pra seguir”, continuou.
Varela e Gugelmin abandonaram após problema elétrico (Foto: Vinícius Branca/Mitsubishi)
Fora da disputa, Varela agora torce por seus companheiros de equipe, mas já pensando na prova do próximo ano. “O Dakar é aquele espírito de primeiro terminar, ganhar é uma consequência. Estamos com outro carro na competição e vamos torcer”, falou. “Agora é se preparar para o ano que vem. Ficou um gostinho de quero mais”, frisou.
 
Por fim, Reinaldo elogiou o comportamento do ASX e destacou que o abandono foi resultado de uma infelicidade. A quinta etapa do Dakar foi uma mais difíceis até aqui e realizada sob um forte calor.
 
“O Mitsubishi ASX se comportou muito bem e deu pra ver que dava pra chegar entre os melhores”, opinou. “Andamos em oitavo na geral. Tivemos uma infelicidade mesmo”, encerrou Varela.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube