Primeiro dia do Rali dos Sertões 2015 termina com resultados positivos para Mitsubishi

O primeiro dia do Rali dos Sertões, neste domingo (2) reservou o deslocamento entre as cidades de Goiânia e Rio Verde, ambas no estado de Goiás. Na categoria Protótipos T1, o que se viu foi uma largada com o pé direito da Mitsubishi, que conseguiu o segundo e o terceiro melhores tempos

Na primeira etapa do Rali dos Sertões, realizada neste domingo (2) entre as cidades de Goiânia (GO) e Rio Verde (GO), as duplas da Equipe Mitsubishi Petrobras se mantém nas primeiras colocações da competição.
 
Com o ASX Racing, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad marcaram o segundo melhor tempo, enquanto João Franciosi e Rafael Capoani, com a L200 Triton SR, ficaram na liderança da categoria Protótipos T1 e na terceira posição da classificação geral.
A Mitsubishi abriu o Rali dos Sertões com o pé direito (Foto: Mitsubishi)
Spinelli e Youssef tiveram que se superar durante a prova de hoje. Com um problema nos sistema de comunicação, a dupla teve dificuldade para se comunicar. "Acabamos perdendo bastante tempo por conta disso. O Totem e o Sentinel também apresentaram problemas e ficamos sem saber se o carro que largou atrás de nós estava se aproximando", relata Guiga. "Hoje foi um dia de adaptação. O ASX Racing evoluiu bastante do ano passado pra cá. Agora temos que usar o máximo do carro e aumentar o nosso ritmo. Tem muito rali pela frente", afirma.
 
A prova de hoje teve um total de 361 km e 205 km de especial, por estradas de fazendas com muitas lombas e mata-burros e um trecho bem sinuoso em uma região montanhosa com travessias de riachos.
 
"Foi uma prova com muitos saltos. A planilha tinha lombas classificadas como simples, mas que eram difíceis, e vice versa. Então tivemos que ter uma tocada no visual. O ASX Racing mostrou uma boa performance, mas sabemos o que temos que evoluir e dá para melhorarmos ao longo do rali", descreve Youssef.
A Mitsubishi voou no primeiro dia de atividades (Foto: Mitsubishi)
Primeiro lugar
Com a L200 Triton SR, João Franciosi e Rafael Capoani marcaram o melhor tempo na categoria Protótipos T1 e o terceiro tempo na classificação geral.
 
"Foi uma prova difícil, com muitos saltos desajeitados e o carro caindo de lado. Sabíamos que seria desse jeito, só não sabíamos que seria tanto. Nossa missão era chegar e fazer um bom tempo. Andamos rápido e com segurança. Agora é cuidar bem do carro e se preparar para amanhã", destaca Franciosi.
 
"Tivemos uma especial com bastante navegação e trechos de alta velocidade. Não forçamos o carro, queríamos sentir um pouco mais. Também não cometemos erros. Foi um dia muito bom, bem produtivo. Estamos animados e um dando incentivo ao outro o tempo todo. Conseguimos um bom resultado", vibra Capoani.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube