Mitsubishi Motors

Com 17 obstáculos, Mitsubishi Motors inaugura pista off-road no complexo do Autódromo Velo Città

O complexto do Velo Città em Mogi Guaçu ganhou mais um reforço. Agora, uma pista off-road vai começar a ser utilizada para testes de veículos e eventos especiais

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
O grande complexo do autódromo Velo Città em Mogi Guaçu ganhou mais uma novidade. Nesta segunda-feira (18), a Mitsubishi inaugurou a pista off-road com 2.500 metros de extensão e 17 obstáculos. 
 
O local é um grande complexo voltado ao automobilismo e já inclui o Autódromo Velo Città, que é homologado pela FIA e pela CBA, além de uma pista de testes da Ralliart Brasil para os veículos do rali de velocidade cross-country e da Lancer Cup, sala de briefing, de imprensa, espaço para ambulatório médico, refeitório, cozinha industrial e espaço para exposição de veículos.
 
Robert Rittscher, presidente da Mitsubishi Motors do Brasil, explicou os motivos que levaram à realização do projeto.
 
"A pista off-road será utilizada para desenvolvermos e aprimorarmos ainda mais nossos veículos 4x4, além de demonstrarmos, na prática, o desempenho dos modelos para clientes, proprietários de concessionárias e nos lançamentos para imprensa", disse.
Aí está o complexo em Mogi Guaçu (Foto: Marcos Rabioglio/Mitsubishi)
Rittscher concluiu dizendo que o traçado é bom para diversos modelos.
 
"O percurso foi pensado para ser feito com qualquer modelo dos nossos veículos 4x4, tanto as picapes e SUVs, como os crossovers", completou.
 
Detlef Altwig, gerente de projetos especiais da Mitsubishi Motors e um dos responsáveis pela construção do local, falou com muita empolgação da novidade.
 
"Foram três meses entre o planejamento, definição do roteiro e a execução das obras. Diferentemente das pistas tradicionais, montadas para eventos, essa foi construída em um lugar fixo, onde pudemos contar com a geografia do local e recursos naturais, como trilhas, pontes e árvores. Temos certeza que as pessoas irão se surpreender com o desempenho dos veículos Mitsubishi nessas condições", falou.