MotoGP

Mesmo com tombo, Navarro supera Lüthi e coloca Speed Up na pole da Moto2 em Le Mans. Baldassarri é 7º

Apesar de ter sofrido uma queda na saída da curva 8, Jorge Navarro garantiu a pole-position para o GP da França de Moto2 com 0s078 de margem para Tom Lüthi, que também levou um tombo. Álex Márquez ficou em terceiro. Líder do Mundial, Lorenzo Baldassarri larga em sétimo

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / EVELYN GUIMARÃES, de Curitiba

Jorge Navarro seguiu o ‘modelo Marc Márquez’ e cravou a pole em Le Mans mesmo após uma queda. Na piloto da Speed Up conseguiu superar Tom Lüthi por 0s078 para ficar com a posição de honra, com Álex Márquez aparecendo para fechar a primeira fila.
 
Ao longo do Q2, Navarro e Lüthi foram os desafiantes à pole. O suíço perdeu a chance com uma queda, mas Jorge se acidentou pouco depois, tendo de ir a pé para o parque fechado celebrar a marca de 1min49s055 que lhe rendeu a pole.
 
Único na primeira fila a ter se mantido de pé em todos os 15 minutos do Q2, Márquez foi 0s530 mais lento que o ponteiro e ficou 0s321 à frente de Mattia Pasini, que ficou em quarto apesar de também ter caído.
Jorge Navarro (Foto: Speed Up)
Com 1min50s232, Xavi Vierge ficou com o quinto posto, seguido por Andrea Locatelli. Líder do Mundial, Lorenzo Baldassarri avançou em sua penúltima volta para o sétimo posto, à frente de Brad Binder, Lukas Tulovic e Marcel Schrotter, que também caiu nesta tarde.
 
Por apenas 0s012, Luca Marini ficou na zona de corte do Q2 e, assim, vai largar em 19º, à frente de Fabio Di Giannantonio. Sam Lowes caiu ainda em sua primeira volta no Q1 e, mesmo de volta à pista, não conseguiu passar de 1min52s016. Assim, o #22 vai largar em 26º.
 
O GP da França de Moto2 está marcado para o domingo, às 7h20 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.

Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #18: Fake News! As mentirinhas nada inocentes do esporte a motor



  Ouça no Spotify
  Ouça no iTunes
  Ouça no Android
  Ouça no playerFM

Lüthi comanda Q1 e avança com Dixon, Tulovic e Navarro
 
A primeira fase da classificação da Moto2 em Le Mans começou de forma tão traiçoeira quanto na MotoGP. Assim, os pilotos foram mais cautelosos nos primeiros minutos. E ninguém tentou os slicks. Com a pista ainda úmida e muita molhada em alguns trechos, o jeito foi usar os compostos de chuva. E comprovando o potencial de perigo, Sam Lowes foi ao chão logo no início, escorregando na curva 3. Ali ficou a esperança de tentar passar à parte decisiva.
 
A sessão demorou um pouco para conhecer os favoritos, até que Thomas Lüthi fez bom uso da experiência para se colocar na ponta. E foi com o tempo de 1min49s109 que o suíço garantir a passagem para o Q2.
 
Com a condição do circuito mudando a todo tempo, nomes favoritos acabaram de fora, e dois surpreendentes jovens surgiram fortes: Jake Dixon e Lukas Tulovic. Ambos foram capazes de permanecer na zona de classificação. Quem entrou nos momentos finais foi Jorge Navarro.
 
Luca Marini, irmão de Valentino Rossi, se viu na bolha e não pode avançar. Fabio Di Giannantonio e Steven Odendaal, que liderou o terceiro treino, apareceram na sequência.

Navarro cai, mas garante pole da Moto2 na França
 
Aprovados no Q1, Lüthi, Dixon, Tulovic e Navarro se juntaram aos 14 pilotos com melhor tempo no resultado combinado dos treinos livres para a disputa pela pole. 
 
Quando os 15 minutos começaram a contar, os 18 pilotos logo desceram o pit-lane para dar início à sessão. 
 
Com 1min50s306, Navarro foi o primeiro a ocupar a pole provisória, 1s420 melhor que Dixon, o segundo colocado. Na passagem seguinte, o #9 foi ainda melhor, ampliando sua margem para 1s6.
 
Na sequência, porém, Lüthi avançou para o segundo posto, reduzindo a margem de Jorge para 0s541. Márquez tinha o terceiro tempo, seguido por Dixon e Fernández.
 
Em meados da sessão, Marcel Schrotter, que tinha apenas o 11º tempo, sofreu uma queda na curva 3. O germânico não se machucou com gravidade, mas prejudicou a briga pela pole.
 
Enquanto isso, Lüthi foi a 1min49s133 e assumiu a ponta, 0s082 melhor que Navarro.  Pouco depois, porém, o suíço caiu ao perder a frente da Kalex. O suíço saiu ileso, mas a ponta da tabela, não: com 1min49s055, Navarro recuperou a liderança. 
 
Instantes depois, Mattia Pasini engordou a estatística de quedas com um tombo na curva 8.
 
Com o aumento da chuva, as mudanças na tabela seguiram acontecendo, mas não o bastante para tomar a ponta.

Moto2 2019, GP da França, Le Mans, Grid de largada:

1 J NAVARRO Speed UP 1:49.055  
2 T LÜTHI Intact Kalex 1:49.133 +0.078
3 A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex 1:49.585 +0.530
4 M PASINI SIC Kalex 1:49.906 +0.851
5 X VIERGE Marc VDS Kalex 1:50.232 +1.177
6 A LOCATELLI Italtrans Kalex 1:50.315 +1.260
7 L BALDASSARRI PONS Kalex 1:50.726 +1.671
8 B BINDER Red Bull KTM Ajo 1:50.927 +1.872
9 L TULOVIC Kiefer KTM 1:51.042 +1.987
10 M SCHROTTER Intact Kalex 1:51.074 +2.019
11 J DIXON Angel Nieto KTM 1:51.082 +2.027
12 R GARDNER SAG Kalex 1:51.137 +2.082
13 J MARTÍN Red Bull KTM Ajo 1:51.145 +2.090
14 A FERNÁNDEZ PONS Kalex 1:51.233 +2.178
15 N BULEGA VR46 Kalex 1:52.085 +3.030
16 E BASTIANINI Italtrans Kalex 1:52.376 +3.321
17 B BENDSNEYDER RW NTS 1:52.505 +3.450
18 S CORSI Tasca Kalex 1:52.929 +3.874
19 L MARINI VR46 Kalex 1:49.748 +0.693
20 F DI GIANNANTONIO Speed UP 1:50.297 +1.242
21 S ODENDAAL RW NTS 1:50.571 +1.516
22 I LECUONA American KTM 1:50.972 +1.917
23 S CHANTRA Team Tady Kalex 1:50.981 +1.926
24 S MANZI Forward MV Agusta 1:51.313 +2.258
25 D AEGERTER Forward MV Agusta 1:51.855 +2.800
26 S LOWES Gresini Kalex 1:52.016 +2.961
27 M BEZZECCHI Tech3 KTM 1:52.268 +3.213
28 D PRATAMA Team Tady Kalex 1:52.355 +3.300
29 J ROBERTS American KTM 1:52.355 +3.300
30 X CARDELUS Angel Nieto KTM 1:53.385 +4.330
31 T NAGASHIMA SAG Kalex 1:53.937 +4.882
32 P OETTL Tech3 KTM 1:53.893 +4.838
         
REC F MORBIDELLI Marc VDS Kalex 1:36.836 155.5 km/h
MV F BAGNAIA VR46 Kalex 1:36.188 156.6 km/h
         
  Condições do tempo PISTA MOLHADA   ar: 14ºC | pista: 16ºC




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.