2º, Rossi lamenta perda da pole-position em Motegi, mas admite satisfação com desempenho: “Demos um grande passo”

Valentino Rossi chegou a sentir o gosto da pole-position em Motegi, neste sábado (10). Porém, no final da sessão, acabou sendo superado por seu companheiro de Yamaha, Jorge Lorenzo, por um tempo de 0s081. Apesar de lamentar o fato, o piloto afirmou estar satisfeito com o trabalho mostrado na pista

Valentino Rossi bateu na trave de conquistar a pole-position para o GP do Japão. Na tarde deste sábado (10) aconteceu o treino classificatório para a etapa japonesa e, após uma intensa briga com Jorge Lorenzo, perdeu a posição de honra por apenas 0s081.
 
O italiano veio mostrando um desempenho discreto durante todo o final de semana. Nos treinos livres realizados na sexta-feira e nesta manhã, o titular da Yamaha sempre ficou no top-10, mas não perto da ponta. Foi na tomada de tempos que ele resolver aparecer.
Valentino Rossi (Foto: AP)
Porém, apesar de ter mostrado grande ritmo e desempenho, no final da sessão o seu colega espanhol apareceu e o superou por pouco para tomar para si a primeira posição do grid de largada da prova deste domingo.
 
Ao falar sobre a segunda colocação, obviamente Rossi lamentou o fato, falando que chegou muito perto da pole, mas que mesmo assim pode se dizer satisfeito com o que mostrou na pista. “É uma pena perder assim, isso não é algo que acontece sempre comigo”, disse
 
“Mas pelo outro lado estou muito satisfeito com hoje, com o trabalho da equipe. Nesta manhã nós fizemos boas melhoras, mas foi na parte da tarde de demos um grande passo, pois no treino livre eu não estava tão rápido. Tínhamos uma boa estratégia mas cometi um pequeno erro. Amanhã espero estar competitivo para brigar com Jorge”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube