Ainda definindo futuro na MotoGP, Rossi pondera: “Dinheiro não é muito importante”

Valentino Rossi segue avaliando suas opções para tomar uma decisão em relação ao seu futuro na MotoGP. Italiano não descarta Ducati, mas declarou que avalia outras possibilidades. Multicampeão destacou que fator financeiro não irá pesar em sua decisão

Valentino Rossi ainda não decidiu que rumo dará à sua carreira após a temporada de 2013. O contrato com a Ducati termina no fim deste ano, mas a fábrica italiana já declarou que tem interesse em manter o piloto. No entanto, ele é apontado como franco favorito à vaga de companheiro de Jorge Lorenzo na Yamaha.

Em Laguna Seca, onde disputará o GP dos Estados Unidos deste domingo (29), Rossi afirmou que usará o período de férias para tomar sua decisão, mas destacou que o fator financeiro não irá pesar em sua escolha.
 

Rossi afirmou que momento da carreira será importante na hora de definir futuro (Foto: Ducati)

“Sinceramente, do meu ponto de vista, dinheiro não é muito importante”, declarou. “Se não fosse assim, eu já teria decidido! Tudo tem seu lado positivo e negativo. Então eu tenho de colocar na balança e tomar a decisão”, considerou.

Valentino ressaltou que ainda tem muito trabalho para tornar a Ducati uma moto competitiva e afirmou que sua outra opção – possivelmente a Yamaha – seria uma escolha mais segura.

“Por um lado, nós temos muito trabalho para fazer, mas uma boa impressão e uma boa sensação para o futuro”, avaliou. “Com outra opção é mais seguro e mais certo de que é possível ser competitivo em curto prazo.”

Rossi tem declarado nos últimos tempos que pretende seguir na categoria por, pelo menos, mais duas temporadas e a proximidade do fim de sua carreira irá pesar em sua escolha.

“Também é um momento particular na minha carreira, então eu tenho de decidir o que é mais importante para o futuro”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube