Aleix Espargaró vê pódio perdido na volta final do GP da Áustria como “magia do esporte”

Aleix Espargaró quase conseguiu o primeiro pódio com a Aprilia na MotoGP, no GP da Áustria. Mas caiu de segundo para décimo na última volta e ficou frustrado com o resultado final

Aleix Espargaró entrou na volta final do GP da Áustria na segunda posição. Assim como o líder Brad Binder, optou por ficar com pneus slicks nos chuvosos momentos finais da prova. O primeiro pódio com a Aprilia parecia cada vez mais próximo, mas acabou perdido a poucas curvas do fim. No fim, terminou em décimo.

Após a corrida, o espanhol mostrou-se claramente chateado pela perda do pódio, mas tentou explicar a estratégia de continuar na pista com slicks, mesmo com a chuva apertando, enquanto os favoritos paravam nos boxes e voltavam com mais aderência no veloz circuito do Red Bull Ring.

“Obviamente estou muito frustrado, muito triste, mas essa é a magia do esporte. As coisas mudam rapidamente, é isso que amamos no esporte. Eu tentei meu melhor quando vi as primeiras gotas. Estava competitivo no seco, mas quando vi a chuva, pensei ‘vou arriscar'”, disse Espargaró.

Aleix Espargaró perdeu o primeiro pódio com Aprilia na MotoGP (Foto: Aprilia)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Vi o Binder tentar a mesma coisa. A última volta foi muito difícil para controlar a moto porque estava muito escorregadio. Cometi um erro em uma curva e abri demais, perdendo seis ou sete segundos, que foi o suficiente para também perder o pódio”, completou.

Aleix ainda elogiou muito a habilidade do vencedor Binder no traçado molhado com pneus de pista seca. “Ele é incrível, um dos pilotos mais talentosos do grid. Realmente gosto muito do Brad e seu estilo de pilotagem”, concluiu.

MotoGP volta a acelerar no próximo dia 29 de agosto, com o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

LEIA TAMBÉM
Aos 42, Rossi decide por aposentadoria e encerra história na MotoGP em 2021
Maior da história ou não, Rossi teve impacto transformador e popularizou MotoGP
Ídolo, referência e lenda: mundo do esporte a motor reage à aposentadoria de Rossi
Obrigada, Vale
Fim triste mostra que relação entre Viñales e Yamaha deveria ter acabado antes
Binder arrisca na chuva e encerra jejum de um ano com vitória corajosa na Áustria

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar