Rins prevê surpresas na MotoGP 2022: “Não apostaria meu dinheiro em nenhum piloto”

Espanhol destacou a competitividade do campeonato e considerou que a temporada verá muitas cores diferentes no pódio ao longo das 21 corridas previstas

MOTOGP DÁ BOLA FORA COM DOCUMENTÁRIO FANTASMA

Álex Rins optou por economizar dinheiro e não apostar em ninguém como campeão para a temporada 2022 da MotoGP. Na visão do piloto da Suzuki, o nível de competitividade da classe rainha deixa o campeonato em aberto e impossibilita previsões.

Às vésperas do GP da Indonésia, segunda etapa de 2022, Rins destacou que não ficou surpreso com a vitória de Enea Bastianini no GP do Catar, uma vez que, além de contar com uma boa moto, o italiano já tinha se mostrado competitivo no ano anterior. Mas o companheiro de Joan Mir foi além e avaliou que muitos resultados inesperados podem acontecer neste ano.

LEIA TAMBÉM
Quem é a primeira mulher a chefiar equipe vencedora na MotoGP?

Álex Rins descartou fazer apostas na MotoGP 2022 (Foto: Suzuki)

ANÁLISE
MotoGP peca na distribuição e transforma ‘MotoGP Unlimited’ em série limitada

“Não diria que a vitória do Enea me surpreendeu, pois ele já demonstrou no ano passado que é um piloto muito forte na corrida e, mesmo que as Ducati deste ano não estejam no melhor momento, segue sendo uma moto para estar nas posições da ponta”, disse Rins em um evento de patrocinadores. “Este ano, é impossível fazer um prognóstico. Existe uma grande igualdade e, na classificação [Q2], éramos dez pilotos em meio segundo. Se a isso se soma alguma surpresa, como aconteceu com Brad Binder, não vejo um claro favorito. Não apostaria meu dinheiro em nenhum piloto neste ano”, frisou.

“Este ano, veremos muitas cores no pódio”, avaliou. “É chave ser capaz de se classificar bem no sábado e ter a cabeça fria na corrida, como no domingo no Catar”, ponderou.

Rins, que em 2021 teve uma temporada marcada por muitas quedas na MotoGP, contou que se propôs a mudar de tática neste ano e vai buscar regularidade.

“Não sou um piloto conservador, mas este ano eu me propus a ser mais regular e somar pontos em todas as corridas”, completou.

MotoGP volta às pistas no próximo dia 20, com o GP da Indonésia, no circuito de Mandalika. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe
Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022
Marc Márquez chega a 2022 para recuperar forma e retomar domínio

BASTIANINI OFERECE ALENTO À DUCATI EM CATAR DESASTROSO NA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar