Migno resiste aos rivais com cronômetro zerado e fatura pole da Moto3 em Portimão

Andrea Migno apareceu depois da bandeira quadriculada para garantir a pole no GP de Portugal. Dennis Foggia ficou em segundo. Jeremy Alcoba foi o terceiro, mas, punido, vai largar dos boxes

Marc Márquez volta a acelerar no Mundial de Motovelocidade (Vídeo: MotoGP)

Andrea Migno apareceu depois da bandeira quadriculada em Portimão para garantir a pole position no GP de Portugal da Moto3, com 1min47s423. Dennis Foggia ficou em segundo e Jeremy Alcoba ficou em terceiro. O espanhol, porém, foi punido por uma briga no GP de Doha e larga nos boxes, cinco segundos depois do último piloto passar na pista.

Com isso, Sergio García larga em tereiro, com Gabriel Rodrigo em quarto. John McPhee ficou em quinto, mas também foi punido em Doha por brigar e vai largar nos boxes em Portimão.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Jeremy Alcoba garantiu o 3º posto no grid, mas foi punido (Foto: Indonesian Gresini)

Darryn Binder, Deniz Öncü, Xavier Artigas, Ayumu Sasaki, Jaume Masià e Pedro Acosta completam o top-10 no grid para a etapa portuguesa.

LEIA TAMBÉM
⇝ Moreira domina classificação e crava pole em Portimão na estreia na Rookies Cup
Pramac fala em “possibilidade de fraturas” e confirma ausência de Martín em Portimão

O GP de Portugal, em Portimão, é a terceira etapa da temporada 2021 do Mundial de MotovelocidadeAcompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre a MotoGP. A largada para a corrida da Moto3 está prevista para 7h20 da manhã (de Brasília).

Fenati vai ao Q2 junto com Sasaki, Salac e Adrián Fernández

Com o sol brilhando no céu de Portimão, a temperatura subiu às vésperas do treino de classificação da MotoGP. No início do Q1, os termômetros mediam 25°C, com o asfalto chegando a 39°C. A velocidade do vento era de 8 km/h.

Ayumu Sasaki começou a sessão no topo da tabela, com 1min48s980, 0s165 melhor que Adrián Fernández, o segundo colocado. Filip Salac vinha em terceiro, seguido por Yuki Kunii, com Carlos Tatay abaixo da linha de corte para a fase seguinte.

Sasaki e Fernández conseguiram sustentar as posições no top-2, mas Andi Farid Izdihar e Filip Salac avançaram para terceiro e quarto, respectivamente. Por 0s123, Kunii vinha abaixo da zona da degola.

Ayumu Sasaki dominou os primeiros minutos do Q1 (Vídeo: MotoGP)

Depois de uma passagem pelos boxes, Romano Fenati foi a 1min48s845 e assumiu a extremidade da tabela, 0s135 melhor que Sasaki. Fernández e Izdihar seguiam com passe provisório ao Q2, com Salac fora por 0s159.

Já na reta final da sessão, Kaito Toba caiu na curva 5 e perdeu a chance de melhorar a posição.

Com o cronômetro travado, Salac foi a 1min49s000 e assumiu o terceiro posto, assegurando uma posição na fase seguinte da classificação, junto com Fenati, o líder, de Sasaki, o segundo colocado.

Adrián Fernández também avança para a fase final, enquanto Izdihar fica para largar em 19º, à frente de Kunii, Toba, Ryusei Yamanaka, Max Kofler, Carlos Tatay, Stefano Nepa, Riccardo Rossi, Jason Dupasquier e Lorenzo Fellon.

Romano Fenati liderou os quatro pilotos que avançam ao Q2 (Vídeo: MotoGP)

Migno crava pole da Moto3 em Portimão

Jeremy Alcoba foi quem abriu a fase final da classificação com a pole provisória, de cara com 0s190 de margem para Sergio García, o segundo colocado. John McPhee vinha em terceiro.

Logo em seguida, Andrea Migno foi a 1min47s883 e se instalou no topo da folha de tempos, 0s026 melhor que Gabriel Rodrigo. Alcoba vinha em terceiro para completar provisoriamente o top-3 da grelha.

No momento da rodada de pit-stops, Migno, Rodrigo, Alcoba, Sergio García, McPhee, Darryn Binder, Deniz Öncü, Sasaki, Jaume Masià e Dennis Foggia formavam o top-10, com Pedro Acosta, o líder do Mundial, vindo em 11º.

Como tradicionalmente acontece na Moto3, os pilotos saíram todos juntos dos boxes para buscar tempo. As punições não parecem assustar a molecada, que mais uma vez ficou andando em logo, reduzindo velocidade para esperar o vácuo.

A dois minutos do fim, os pilotos saíram para a pista para uma última tentativa. Com o pelotão todo agrupado, de maneira perigosa, aceleraram pelo circuito português. Gabriel Rodrigo e Filip Salac caíram na curva 3 e rapidamente saíram da briga pela pole.

No fim, Andrea Migno achou uma grande volta e fez 1min47s423 para garantir a pole em Portimão, seguido pelo compatriota Dennis Foggia. Jeremy Alcoba ficou em terceiro, mas vai largar nos boxes por uma posição sofrida no GP de Doha. Com isso, Sergio García, Gabriel Rodrigo, Darryn Binder, Denis Öncü, Xavier Artigas, Ayumu Sasaki, Jaume Masià e Pedro Acosta completam o top-10 no grid.

WEB STORY
⇝ Fatos e curiosidades do GP de Portugal de MotoGP. Com Marc Márquez!

Moto3 2021, GP de Portugal, Portimão, Classificação:

1A MIGNOVR46 KTM1:47.423 
2D FOGGIALeopard Honda1:47.572+0.149
3S GARCIAAspar KTM1:47.900+0.477
4G RODRIGOGresini Honda1:48.362+0.939
5D ÖNCÜTech3 KTM1:48.486+1.063
6D BINDERCIP KTM1:48.513+1.090
7X ARTIGASLeopard Honda1:48.546+1.123
8A SASAKIAvintia KTM1:48.615+1.192
9J MASIÀLeopard Honda1:48.622+1.199
10P ACOSTARed Bull KTM Ajo1:48.711+1.288
11T SUZUKISIC58 Honda1:48.749+1.326
12R FENATIMAX Husqvarna1:48.769+1.346
13I GUEVARAAspar KTM1:48.865+1.442
14A FERNÁNDEZMAX Husqvarna1:49.814+2.391
15N ANTONELLIAvintia KTM1:49.834+2.411
16F SALACSnipers Honda1:50.096+2.673
17A FARID IZDIHARAsia Honda1:49.153+1.730
18Y KUNIIAsia Honda1:49.435+2.012
19K TOBARed Bull KTM Ajo1:49.613+2.190
20R YAMANAKAEstrella Galicia 0,0 Honda1:49.618+2.195
21M KOFLERCIP KTM1:49.636+2.213
22C TATAYTech3 KTM1:49.723+2.300
23S NEPAAspar KTM1:49.744+2.321
24R ROSSIRBA KTM1:49.842+2.419
25J DUPASQUIERPrüstel KTM1:49.970+2.547
26L FELLONSIC58 Honda1:50.234+2.811
27J ALCOBAGresini Honda1:47.702+0.279PIT
28J MCPHEESIC HONDA1:47.900+0.477PIT

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube