Após ausência em 2020, Mugello anuncia portões fechados para receber MotoGP

Depois de ficar fora do calendário da MotoGP no ano passado, o circuito de Mugello confirmou que não vai receber público na etapa de 2021. A decisão foi tomada após conversas com órgãos de segurança da Itália

Jack Miller celebrou a vitória com os integrantes da Ducati (Vídeo: MotoGP)

O GP da Itália do Mundial de Motovelocidade não vai receber espectadores. O circuito de Mugello anunciou nesta quinta-feira (13) que não pretende abrir os portões para fãs entre os dias 28 e 30 de maio. No ano passado, por conta da situação grave do país europeu no combate à doença, a etapa acabou sendo uma das 12 canceladas — mas recebeu a Fórmula 1, inclusive com pessoas nas arquibancadas.

Com isso, a MotoGP segue sem público nos autódromos nesta temporada. O Mundial não teve espectadores ainda em 2021. Até agora, foram disputadas duas etapas no Catar, além de uma em Portugal e outra na Espanha. Sempre com arquibancadas vazias, no entanto. A Itália seguirá o mesmo protocolo por conta da pandemia de Covid-19, de evitar aglomerações.

“Depois de uma discussão com as instituições de segurança, o circuito de Mugello anuncia que o GP da Itália de MotoGP, agendado de 28 a 30 de maio de 2021, vai ocorrer sem a presença de espectadores nas arquibancadas”, afirmou a organização em comunicado oficial.

Entrada dos boxes e visão da reta principal de Mugello (Foto: Pirelli)

LEIA MAIS
⇝ Sorte sorri para Miller, que apazigua críticos e sai protagonista do GP do Espanha
⇝ Falta de segurança irrita pilotos e coloca futuro da MotoGP em Jerez em xeque
⇝ Red Bull Rookies Cup: a categoria de base de ouro do Mundial de Motovelocidade
⇝ Pol Espargaró escancara frustração após quatro GPs e se mostra perdido na Honda
⇝ Ducati consegue raro desempenho em Jerez e se permite sonhar com título em 2021
⇝ Lado a lado: as vitórias de Jack Miller na classe rainha do Mundial de Motovelocidade
⇝ Azar desprestigia Morbidelli em 2021. Mas Yamaha tem obrigação de corrigir futuro
⇝ KTM sofre com novos pneus e desmancha evolução obtida em 2020 após quatro etapas

“As regras sobre eventos esportivos [na Itália] serão cumpridas nas íntegra. Com a extensão do estado de emergência ordenado pelo governo até 31 de julho, a proteção da saúde pública é uma prioridade sobre qualquer outra avaliação. O evento vai seguir com portões fechados, de acordo com os rígidos protocolos de saúde estebelecidos pela Dorna e pela Federação Internacional de Motociclismo”, completou a nota.

A Itália foi um dos países mais afetados pela Covid-19 desde o início da pandemia. Até o momento, são mais de 4 milhões de casos e 123.544 mortes pela doença. Nas últimas 24 horas, registrou 7.848 novos infectados, com 262 óbitos.

A MotoGP volta à ação no dia 16 de maio, com o GP da França, quinta etapa do calendário. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar