Após dar à Aprilia 1º top-6 na MotoGP, Aleix Espargaró vê RS-GP como “moto de domingo” e avisa: “Este é só o começo”

Na estreia com a Aprilia, Aleix Espargaró deu à marca de Noale seu primeiro top-6 na era MotoGP. Satisfeito, o catalão elogiou a tração da RS-GP e garantiu que a fábrica italiana vai alcançar o topo da classe rainha

 
Aleix Espargaró conseguiu um resultado histórico no domingo (27) no Catar. Estreando a bordo da RS-GP, o catalão deu à Aprilia seu primeiro top-6 na era da MotoGP — desde 2002.
 
Largando em 15º, Aleix exibiu uma das melhores performances da carreira e fechou a corrida em Losail com o sexto posto depois de uma boa disputa com Dani Pedrosa. O #41 recebeu a bandeirada com 7s661 de atraso para Maverick Viñales, o vencedor, e apenas 0s5 atrás da RC213V #26.
 
Sem esconder a animação, Aleix exaltou as qualidades da RS-GP e classificou o protótipo italiano como “uma moto de domingo”.
Aleix Espargaró ganhou um abraço do ex-companheiro Maverick Viñales (Foto: Michelin)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Nós cruzamos a linha menos de 1s atrás de Marc e Dani”, celebrou Aleix. “Obviamente, vai ser difícil repetir isso. Sinceramente, a moto é ótima na corrida. É uma ‘moto de domingo’ de verdade. Quando a tração baixa, a Aprilia é fantástica”, seguiu.
 
“Isso é uma coisa que, em cada uma das pistas, quando estiver muito quente e ninguém puder usar o macio, eu posso usar o macio e teremos uma boa vantagem. A tração da moto é realmente boa”, elogiou. 
 
O irmão mais velho de Pol destacou que ainda é preciso melhorar a performance na classificação, mas contou que superou sua expectativa para essa primeira corrida com a casa de Noale.
 
“Nós ainda precisamos melhorar nossa velocidade na classificação, mas nós vimos durante os testes de inverno que podemos ser competitivos com um pneu realmente desgastado. Obviamente, eu não estava mirando o top-6, mas sim o top-10”, admitiu. “Estou feliz porque pude ultrapassar Dani na reta. Isso foi como um sonho. Nunca tinha tido nada assim. Acho que foi porque a tração da minha moto foi muito melhor do que a da Honda na última curva”, opinou.
 
“Eu quase o toquei na aceleração e é por que a minha velocidade era muito boa. Nós ainda precisamos melhorar a aceleração quando temos um pneu novo. Nas primeiras voltas, não podia ultrapassar ninguém. Era impossível”, contou. “Todos estavam fechando a linha e acelerando como animais, moto um macaco. Era impossível ultrapassar! Aí, depois de oito voltas, tudo estava mais do jeito normal e eu comecei a ultrapassar e ir para a frente”, recordou.
 
“O motor da moto… nós precisamos melhorar a aceleração, mas porque temos uma boa tração”, frisou. 
 
Aleix, entretanto, ressaltou que ainda precisa trabalhar para extrair o máximo da moto em uma única volta.
 
“Nós precisamos melhorar na classificação”, ponderou. “Acho que se tivéssemos começado no top-10, poderíamos ter lutado por algo melhor do que sexto”, comentou.
 
“Por melhorar eu quero dizer chegar no top-10. Tentar ficar na frente de cada moto privada. Vai ser difícil, nós temos alguma vantagem, mas temos de seguir trabalhando. Sim, estou muito feliz”, sublinhou.
 
Um jornalista, então, brincou lembrando Aleix que muitos falaram que o catalão havia se juntado a um time inferior após deixar a Suzuki, o que tornava a corrida de Losail uma reação. E Aleix foi rápido na resposta.
 
“Eles precisam esperar, porque este é só o começo!”, avisou. “Nós vamos colocar essa moto no topo. Estou 100% certo”, garantiu.

#GALERIA(6971)
PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube