Após ver Rins abandonar GP do Catar, Iannone afirma ser “um pouquinho mais maduro” que parceiro de Suzuki

Andrea Iannone foi crítico ao companheiro Álex Rins. Para ele, o parceiro de Suzuki correu riscos demais no GP do Catar e, por isso, acabou abandonando a corrida, enquanto ele próprio foi seguro e conseguiu a nona colocação

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Andrea Iannone fez a opção de e manter distante do pelotão principal durante o GP do Catar da MotoGP, corrida que abriu a temporada, e acabou recompensado com a nona colocação, que garantiu sete pontos ao italiano. Já Álex Rins, seu parceiro na Suzuki, arriscou andar entre os primeiros e acabou abandonando a corrida.

Para Iannone, isso mostrou que ele está mais pronto que o companheiro no momento. "Fiquei 12 segundos atrás do líder, o que é muito na MotoGP. Álex ficou à minha frente e acabou abandonando, pois sempre que voc~e leva sua moto ao limite é umrisco grande", afirmou ao 'Autosport'.

"Por isso acho que tenho um pouquinho mais de maturidade no momento. Quando creio que a stiuação não está 100% a favor tento controlá-la, completar a corrida e conseguir alguns pontos. É dferente", seguiu.

Andrea Iannone (Foto: Michelin)

Ele ainda tentou ser positivo: "Temos um ano inteiro pela frente. Vamos trabalhar duro para melhorar."

É o segundo ano do espanhol de 22 anos na categoria principal do motociclismo. Em 2017, Rins ficou em 16°, colaborando com a falta de pódios da Suzuki. Iannone, por sua vez, ficou em 13°.

"RIDÍCULO E LEVIANO"

AJUDA DELIBERADA DA HAAS À FERRARI? NÃO FAZ SENTIDO ALGUM

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube