Aprilia mantém foco em Dovizioso, mas diz ter “alternativas na mesa” para 2022

A Aprilia ainda possui uma vaga aberta para a próxima temporada da MotoGP. A preferência é contar com Andrea Dovizioso, que realizou alguns testes com a equipe recentemente, mas o diretor da marca citou que pode ter outras opções de pilotos para correr com Aleix Espargaró

Como foi o GP da Alemanha de MotoGP vencido por Marc Márquez (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O terceiro teste de Andrea Dovizioso com a Aprilia, dessa vez em Misano, se encerrou. O veterano piloto, que já tinha corrido com a montadora italiana em Jerez e Mugello anteriormente, fez 126 voltas ao longo de dois dias.

O teste foi focado na evolução da moto RS-GP, com foco na parte aerodinâmica e eletrônica. Independente dos resultados, a Aprilia ainda procura um segundo piloto para 2022, para correr ao lado de Aleix Espargaró. Massimo Rivola, diretor-executivo da marca, comentou sobre o assunto e como Dovizioso pode se encaixar no posto.

“Estamos satisfeitos com esses testes, pois nos deram pontos importantes e demonstaram o progresso da moto que também já foi visto nas últimas corridas. É o trabalho que vamos continuar, como programado, em julho. Andrea provou ser um grande piloto em termos de sensitividade e entendimento do comportamento da moto”, afirmou Rivola.

Andrea Dovizioso voltou a testar com a Aprilia em 2021 (Foto: Aprilia)

WEB STORIES
⇝ Fatos e curiosidades do GP da Holanda de MotoGP
⇝ Como está o grid da MotoGP para a temporada 2022

“Em paralelo com o teste, a Aprilia Racing está tomando medidas para encontrar a melhor solução para o grid de 2022 sem ter que esperar o resultado dos próximos testes, em julho. Andrea está certamente incluso nas soluções que avaliamos, mas existem alternativas bem interessantes e válidas na mesa. Uma decisão deve ser tomada em breve e aí conseguiremos planejar o futuro estratégico do time”, completou.

Dovizioso, que está fora do grid da MotoGP na temporada 2021, preferiu focar nos testes realizados em Misano durante a semana.

“Foi um teste bem interessante. Treinar no terceiro circuito diferente foi extremamente importante para entender melhor a moto e ver quais pontos precisam ser desenvolvidos. Testamos e mudamos várias coisas para entender muitos detalhes que, na realidade, colhemos de maneira detalhada, identificamos e melhoramos. Com os próximos testes, seremos capazes de fazer mais comparações e discutir melhor nossas ideias”, pontuou.

MotoGP volta à ação já no próximo fim de semana, com a nona etapa do calendário, o GP da Holanda, em AssenAcompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar