MotoGP

Aprilia se reestrutura e contrata ex-Ferrari para ocupar cargo de diretor-esportivo na MotoGP, diz TV

Segundo a emissora italiana Sky Sport, a Aprilia contratou Massimo Rivola para o posto de diretor-esportivo na MotoGP. Italiano exerceu o mesmo cargo na Ferrari antes de passar a comandar a Academia de Pilotos da escuderia de Maranello
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Massimo Rivola (Foto: Ercole Colombo/Ferrari)
A Aprilia cumpriu a promessa de se reforçar para a temporada 2019 da MotoGP. Depois de contratar Andrea Iannone e Bradley Smith, a casa de Noale se reforçou também no campo técnico.
 
De acordo com a emissora italiana Sky Sport, a última colocada no Mundial de Construtores de 2018, 316 pontos atrás da campeã Honda, recrutou Massimo Rivola para assumir o posto de diretor-esportivo. Assim, Romano Albesiano vai focar apenas no lado técnico da Aprilia.
Massimo Rivola estava no comando da Academia de Pilotos da Ferrari (Foto: Studio Colombo/ Ferrari)
Nascido em Faenza, na Itália, Rivola fez carreira na F1, onde começou a trabalhar em 1998, com a Minardi. Depois de passar pelo departamento de marketing, Massimo se tornou diretor-esportivo e chefe de equipe em 2005 e, depois, foi para a Toro Rosso, onde ficou até 2008. 
 
No ano seguinte, Rivola assumiu o posto de diretor-esportivo da Ferrari, antes de assumir o comando da Academia de Pilotos para liderar a reestruturação da FDA.
 
A Aprilia é uma das marcas mais renomadas no mundo da MotoGP, mas não vive lá o melhor dos momentos. Desde que voltou ao Mundial de Motovelocidade em 2014, a casa de Noale teve inúmeras trocas de pilotos, mas nunca conseguiu resultados mais expressivos.
 
Hoje líder do time, Aleix Espargaró tem pressionado fortemente por evolução e tinha recebido a promessa de um investimento maior para 2019.