Arbolino bate Fenati no fim e lidera terceiro treino livre da Moto3 do GP da Catalunha

Com 1min48s635, o italiano foi o mais rápido do último treino da Moto3. Romano Fenati e Jaume Masià completaram o top-3. Em sessão discreta, o líder Albert Arenas fechou em 16º

Tony Arbolino terminou o terceiro treino livre da Moto3 como o mais rápido. Neste sábado (26), ao virar 1min48s635 já na bandeira quadriculada, tratou de saltar para a ponta da tabela. O italiano anotou o tempo na sua 13ª, e última, volta.

Romano Fenati chegou a liderar a sessão e era o mais rápido quando o cronômetro zerou. Mas o italiano acabou superado em 0s143 pelo piloto da Snipers e encerrou a sessão em segundo. Jaume Masià foi o terceiro mais rápido.

Sergio García teve seus obstáculos durante o treino em Montmeló, quando levou um tombo, mas fez tempo suficiente para ser o quarto. Gabriel Rodrigo completou a lista dos dez mais rápidos da atividade matutina.

Albert Arenas teve sessão discreta em Barcelona. O líder da classificação chegou a aparecer entre as primeiras colocações, mas recebeu a bandeirada em 16º, 0s781 mais lento que o primeiro colocado.

Arbolino garantiu uma das vagas ao Q2 (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi o terceiro treino da Moto3 em Barcelona

A Moto3 abriu as atividades do sábado com o terceiro treino livre. Quem começou na ponta foi Jaume Masià, mas logo foi superado por Tony Arbolino, que tem mostrado bom desempenho durante o fim de semana. O italiano anotou 1min50s756.

Pouco mais de dez minutos de sessão completados e uma sequência de quedas aconteceu. O primeiro foi Sergio García, que foi ao chão na curva 5. Depois, Davide Pizolli caiu na curva 2, com Ayumu Sasaki levando um tombo pouco depois na curva 9.

Os pilotos começaram a se dirigir aos boxes para a primeira parada programada do treino. Arbolino era o mais rápido do momento com 1min49s883, com Gabriel Rodrgio, Stefano Nepa, John McPhee e Romano Fenati na sequência.

Com todos de volta à pista, Raul Fernández tratou de fazer a melhor volta de 1min49s073 em seu sexto de oito giros. Pouco depois, o espanhol levou uma forte queda na curva 5 onde rolou algumas vezes, mas saiu ileso do incidente.

Nos treinos combinados, também era o piloto da KTM Ajo quem estava na primeira posição. Masià, Kaito Toba, Romano Fenati, Arbolino, Darryn Binder, John McPhee, Albert Arenas, Nicolò Antonelli, Rodrigo, Filip Salac, Andrea Migno, Alonso López e Lorenzo Baldassarri também garantiam vagas ao Q2.

No minuto final, Fenati tratou de fazer 1min48s778 e se colocou na primeira colocação. Apenas 0s167 atrás do italiano veio Rodrigo, com Fernández, Toba e Migno completando os cinco primeiros.

Mas Arbolino resolveu aparecer já na bandeira quadriculada. O piloto da Snipers anotou 1min48s635, bateu o compatriota e fechou como o mais veloz da sessão. Masià completou os três mais velozes do terceiro treino.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube