MotoGP

Arbolino destrói marca de Rodrigo, bate recorde de Mugello e crava pole na Moto3. Canet é décimo

Tony Arbolino cravou um novo recorde para Mugello e conquistou a pole-position neste sábado (1) ao superar Gabriel Rodrigo por 0s673. Mais 0s196 atrás, Lorenzo Dalla Porta vai completar a primeira fila. Líder do Mundial, Arón Canet larga em décimo

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / FERNANDO SILVA, de Sumaré

Tony Arbolino conquistou uma pole-position maiúscula neste sábado (1). O piloto da Snipers não só destruiu a marca que mantinha Gabriel Rodrigo na ponta já com o cronômetro zerado, mas também estabeleceu um novo recorde para a pista de Mugello.
 
A fase decisiva do treino classificatório teve sua primeira metade com domínio da SIC 58, com Tatsuki Suzuki liderando Niccolò Antonelli por só 0s002. Os dois, no entanto, estavam sob avaliação, já que entraram na pista antes da luz verde ser acionada. 
Com grande volta, Tony Arbolino cravou a pole da Moto3 em Mugello (Foto: Snipers)
Depois de uma passagem pelos boxes, Gabriel Rodrigo cravou 1min57s082 e tomou a ponta de Tatsuki por 0s371. Já com o cronômetro zerado, porém, Tony Arbolino passou em 1min56s407, destruindo a marca do #19 para cravar a pole.
 
Lorenzo Dalla Porta conseguiu melhorar em sua volta final e garantiu o terceiro posto, 0s869 mais lento que Arbolino. Andrea Migno abre a segunda fila, à frente de Suzuki e Antonelli.
 
Com 1min57s525, Romano Fenati vem em sétimo, seguido por Kaito Toba e Marcos Ramírez. Líder do Mundial, Arón Canet foi 1s168 mais lento que o tempo da pole e vai largar em décimo.

Paddockast #20
Punições tardias, circuitos chatos... O que tem de acabar no esporte a motor?



Fernández lidera e avança ao Q2 com Ramírez, Binder e Migno
 
Tal qual aconteceu ao longo das demais sessões, a classificação da Moto3 aconteceu com sol e tempo firme. Quando o cronômetro foi acionado para marcar os 15 minutos do Q1, o termômetro marcava 23°C, com o asfalto chegando a 38°C. A velocidade do vento era de 13 km/h.
 
Esta primeira fase da classificação reuniu pilotos como Andrea Migno, Darryn Binder, Marcos Ramírez, Albert Arenas e Jakub Kornfeil na busca pelas quatro vagas restantes no Q2. 

Quando as primeiras voltas foram computadas, Raúl Fernández logo assumiu a ponta, mas foi substituído por Kevin Zannoni, que passou 0s390 mais rápido. Jakub Kornfeil e Can Öncü vinham acima da linha de corte.
 
Em meados da sessão, Ryusei Yamahaka colocou Andrea Migno para fora da pista na curva 15. Era aquela tradicional confusão dos pilotos da Moto3 em busca de vácuo.
 
Com 1min57s972, Ramírez assumiu a ponta, com Sasaki, Rossi e Masaki ocupando o top-4. 0s145 mais lento que o piloto da Gresini, Zannoni era o primeiro fora da linha de corte do Q2.
 
O tempo de Riccardo, porém, acabou cancelado por conta dos limites da pista e, assim, Kevin voltou para a lista dos quatro melhores, com Yamanaka aparecendo como o primeiro colocado na zona da degola.
 
Com o cronômetro zerado em Mugello, Fernández cravou 1min57s792 e avançou para a ponta, com Ramírez, Binder e Migno também carimbando o passaporte para a fase seguinte.
 
0s162 atrás do #16, Ayumu Sasaki vai largar em 19º, à frente de Jakub Kornfeil, Kazuki Masaki, Albert Arenas, Makar Yurchenko, Can Öncü, Kevin Zannoni e Ryusei Yamanaka.

Q2: Arbolino brilha com recorde da pista e volta voadora em casa

Dentre os pilotos que passaram para a fase decisiva da sessão, destaque para os líderes do campeonato: Arón Canet, Lorenzo Dalla Porta e Niccolò Antonelli. Os 18 nomes do Q2 aceleraram em Mugello, mas Canet chegou a enfrentar problemas com sua moto #44, mas pouco depois o espanhol conseguiu ir para a pista.

O primeiro dos 18 a marcar tempo foi Tatsuki Suzuki, com uma grande 1min57s453. Antonelli aparecia em segundo, mas com apenas 0s002 atrás. Fenati, Toba e Ramírez também estavam bem próximos ao líder, a menos de 0s1.

Os pilotos ainda partiram para mais uma tentativa de garantir a pole em Mugello. Gabriel Rodrigo vinha forte para marcar a posição de honra do grid. O argentino desbancou Suzuki da ponta ao cravar 1min57s082, 0s371 mais rápido que o japonês. Antonelli, dos boxes, já havia deixado a luta e parecia conformado com a provisória terceira colocação. Mas muitos pilotos na pista apareciam com boas parciais.

Rodrigo ainda melhorou ainda mais seu tempo e passou 0s002 abaixo, virando a 1min57s080. Só que Arbolino, com apenas uma volta no Q2, brilhou com uma volta incrível: 1min56s407. Pole e recorde da pista para o dono da casa. A diferença para Rodrigo, o segundo colocado, dá uma dimensão do 'temporal' de Tony: 0s673. Dalla Porta vai largar em terceiro, com Migno em quarto e Suzuki em quinto. Antonelli ficou com o sexto tempo, à frente de Fenati, Toba, Ramírez e Canet, fechando o top-10 da Moto3 em Mugello.

Moto3 2019, GP da Itália, Mugelli, Grid de largada:

1 T ARBOLINO Snipers Honda 1:56.407  
2 G RODRIGO Gresini KTM 1:57.080 +0.673
3 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:57.276 +0.869
4 A MIGNO Worldwide KTM 1:57.438 +1.031
5 T SUZUKI SIC58 Honda 1:57.453 +1.046
6 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:57.455 +1.048
7 R FENATI Snipers Honda 1:57.525 +1.118
8 K TOBA Asia Honda 1:57.533 +1.126
9 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:57.551 +1.144
10 A CANET MAX KTM 1:57.575 +1.168
11 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:57.626 +1.219
12 J MASIÀ Worldwide KTM 1:57.733 +1.326
13 D FOGGIA VR46 KTM 1:57.911 +1.504
14 D BINDER CIP KTM 1:58.007 +1.600
15 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:58.028 +1.621
16 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:58.031 +1.624
17 C VIETTI VR46 KTM 1:58.099 +1.692
18 J MCPHEE SIC HONDA 1:58.122 +1.715
19 A SASAKI SIC HONDA 1:58.235 +1.828
20 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:58.282 +1.875
21 K MASAKI RBA KTM 1:58.471 +2.064
22 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:58.496 +2.089
23 M YURCHENKO RBA KTM 1:58.714 +2.307
24 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:58.716 +2.309
25 K ZANNONI RGR TM 1:58.764 +2.357
26 R YAMANAKA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:58.925 +2.518
27 G SALIM Asia Honda 1:58.988 +2.581
28 V PEREZ Avintia KTM 1:59.182 +2.775
29 F SALAC Prüstel KTM 1:59.897 +3.490
30 T BOOTH-AMOS CIP KTM 2:00.708 +4.301
31 R ROSSI Gresini Honda 2:00.155 +3.748
         
REC F DI GIANNANTONIO Gresini Honda 1:56.628 161.8 km/h
MV T ARBOLINO Snipers Honda 1:56.407 162.2 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 24ºC | pista: 42ºC




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.