MotoGP

Arbolino sobra na chuva em Brno e crava pole na Moto3. Dalla Porta é 17º

Tony Arbolino sobrou no treino classificatório deste sábado (3) e, com 2min18s020, conquistou sua quarta pole-position no Mundial de Motovelocidade. No apagar das luzes, John McPhee ficou com o segundo posto, com Niccolò Antonelli fechando a primeira fila. Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta ficou só em 17º

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Tony Arbolino brilhou na chuva de Brno na tarde deste sábado (4). Mesmo com a pista encharcada, o piloto da Snipers melhorou volta a volta e conquistou a quarta pole-position da carreira com uma bela folga.
 
No dia em que completa 19 anos, o piloto de Garbagnate Milanese foi protagonista no Q2 da classe de entrada. Mesmo com desafiantes diferentes, Arbolino se manteve sempre na ponta, mas a marca que definiu a posição de honra veio apenas no sexto dos sete giros desta tarde: 2min18s200.
 
Já com o cronômetro travado, John McPhee virou 0s400 mais lento e ficou com o segundo posto, com Niccolò Antonelli superando Tatsuki Suzuki por 0s031 pela última vaga da primeira fila do grid.
Tony Arbolino (Foto: Snipers)
Raúl Fernández chegou a brigar pela ponta, mas caiu no fim e vai sair só em quinto, à frente de Arón Canet, Makar Yurchenko, Jaume Masià e Ai Ogura. Alonso López fecha o top-10.
 
Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta fez a melhor de suas cinco voltas em 2min21s879 e, 3s859 mais lento que o tempo da pole, vai largar em 17º.
 
Barrado no Q1 por apenas 0s095 apesar de uma queda, Albert Arenas ficou com o 19º posto no grid, à frente de Jakub Kornfeil, Darryn Binder, Dennis Foggia, Yuki Kunii e Ayumu Sasaki.

O GP da Tchéquia de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Fernández, Yourchenko, López e Öncü dominam Q1 para avançar para fase final
 
Quando a Moto3 voltou para o traçado de Brno para a classificação, as condições já haviam mudado bastante. Com a chuva voltando a molhar tudo, o termômetro indicava 18ºC, com o asfalto batendo 22ºC.
 
O cronômetro então começou a rodar para a fase inicial da classificação. Os pilotos logo foram para a pista para não perder tempo nas condições molhadas, dando as voltas de instalação nos minutos iniciais.
 
Os primeiros nomes que surgiram no topo da tabela conseguindo vaga para o Q2 eram Öncü, Fernández, López e Arena, sendo os quatro mais rápidos do momento.
 
O titular da KTM Ajo seguia baixando seu tempo a cada volta. Entretanto, logo Fernández cravou 2min19s903 para assumir o primeiro posto. López e Yourchenko eram os outros dois que avançavam para a fase seguinte.
 
Então, com pouco mais de seis minutos para o encerramento do Q1, Arenas acabou sofrendo um forte highside na curva 3, indo ao chão e parando na caixa de brita. O piloto até tentou voltar para a sessão, já que estava fora do top-4.
 
Na bandeira quadriculada, então, os nomes que avançam para a fase seguinte da classificação são Fernández, Yourchenko, López e Öncü. O último ainda levou um tombo na curva 3 no final, com os fiscais de pista o ajudando a tirar a brita da máquina.

Com pista molhada, os pilotos então deixaram os boxes das equipes e foram para os últimos 15 minutos de classificação para brigar pela pole-position. Já nos primeiros instantes quase todos foram para o traçado, com apenas Öncü permanecendo parado.
 
Quando restava pouco mais de nove minutos para a bandeira quadriculada, os tempos começaram a ser marcados na tabela. Arbolino era quem ficava com a pole-position provisória, seguido por Salac e Fernández.
 
Então, com 2min20s456, quem ficou com a posição de honra do grid do momento era McPhee, mas não por muito tempo, pois o #14 da Snipers logo o superou para voltar para a ponta. Fernández, Masià e Ogura eram os próximos.
 
Sobrando cinco minutos para encerrar a classificação tcheca, McPheen anotou 2min19s946 para bater Arbolino em apenas 0s016 e ficar com o primeiro posto. Suzuki era quem completava o top-3.

Nos últimos segundos, as coisas seguiam abertas na Moto3. O titular da Snipers voltou a baixar seu tempo, agora em 2min18s020. Suzuki bateu Fernández para se colocar em segundo, enquanto Canet era o quarto, com McPhee em quinto.
 
No final, o #14 foi quem ficou com a pole-position para o GP da Tchéquia, com o McPhee saindo em segundo, Antonelli fechando a primeira fila. Suzuki, Fernández e Canet vem na sequência.

Moto3 2019, GP da Tchéquia, Brno, Grid de largada:

1 T ARBOLINO Snipers Honda 2:18.020  
2 J MCPHEE SIC HONDA 2:18.420 +0.400
3 N ANTONELLI SIC58 Honda 2:18.822 +0.802
4 T SUZUKI SIC58 Honda 2:18.853 +0.833
5 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 2:18.875 +0.855
6 A CANET MAX KTM 2:18.953 +0.933
7 M YURCHENKO RBA KTM 2:19.317 +1.297
8 J MASIÀ Worldwide KTM 2:19.349 +1.329
9 A OGURA Asia Honda 2:19.719 +1.699
10 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 2:20.075 +2.055
11 R FENATI Snipers Honda 2:20.132 +2.112
12 K TOBA Asia Honda 2:20.360 +2.340
13 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 2:20.373 +2.353
14 F SALAC Prüstel KTM 2:20.726 +2.706
15 A MIGNO Worldwide KTM 2:20.878 +2.858
16 C VIETTI VR46 KTM 2:21.307 +3.287
17 L DALLA PORTA Leopard Honda 2:21.879 +3.859
18 M RAMÍREZ Leopard Honda 2:22.031 +4.011
19 A ARENAS Ángel Nieto KTM 2:19.754 +1.734
20 J KORNFEIL Prüstel KTM 2:20.363 +2.343
21 D BINDER Avintia KTM 2:20.461 +2.441
22 D FOGGIA VR46 KTM 2:21.301 +3.281
23 Y KUNII Asia Talent Team Honda 2:21.319 +3.299
24 A SASAKI SIC HONDA 2:21.679 +3.659
25 K MASAKI RBA KTM 2:22.059 +4.039
26 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 2:22.060 +4.040
27 D ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 2:22.164 +4.144
28 R ROSSI Gresini Honda 2:22.613 +4.593
29 T BOOTH-AMOS CIP KTM 2:23.208 +5.188
30 S NEPA CIP KTM 2:23.428 +5.408
         
REC R FENATI VR46 KTM 2:08.064 151.8 km/h
MV A RINS Estrella Galicia 0,0 KTM 2:07.622 152.4 km/h
         
  Condições do tempo PISTA MOLHADA   ar: 17ºC | pista: 21ºC


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.