Augusto Fernández agradece apoio da KTM apesar de “não estar demonstrando nada”

Augusto Fernández destacou que a segue contando com um forte apoio da KTM, que mantém o respaldo a todos os pilotos da marca, ainda que ele não tenha obtido bons resultados na temporada 2024 da MotoGP

Augusto Fernández não atravessa um momento fácil na MotoGP. No segundo ano na classe rainha do Mundial de Motovelocidade, o espanhol ainda não conseguiu se adaptar com a nova RC16 e, além de estar sendo completamente ofuscado pelo companheiro de GasGas Tech3, soma apenas cinco pontos no Mundial de Pilotos.

Fernández conseguiu no ano passado deixar para trás o rótulo de tampão e assegurou uma renovação de contrato — muita gente acreditava que ele estava apenas guardando a vaga para Pedro Acosta, mas, graças ao desempenho, ganhou a confiança da KTM, que renovou o contrato mesmo sem ter onde colocar cinco pilotos, uma vez que Brad Binder, Jack Miller, Pol Espargaró e Acosta já tinham garantia para 2024.

Relacionadas


Depois de muito negociar com a Dorna, promotora do campeonato, a KTM aceitou a derrota e, sem uma quinta vaga, teve de direcionar Espargaró para a reserva, o que manteve Augusto no time comandado por Hervé Poncharal.

Neste ano, porém, Fernández não vem conseguindo se destacar. O espanhol ainda não pegou a mão do novo chassi de fibra de carbono e conseguiu pontuar apenas no GP de Portugal, onde foi 11º. No entanto, Portimão marcou o primeiro pódio de Acosta, que vem chamando a atenção desde que desembarcou na GasGas KTM e que tem o quinto lugar na classificação geral.

Augusto Fernández ainda não se entendeu com a nova moto (Foto: Rob Gray/ Polarity Photo)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Apesar do momento ruim, Fernández garante que segue se sentindo amparado pela casa da Mattighofen e agradeceu o apoio em meio a um momento negativo.

“A verdade é que a fábrica está lutando pelos quatro, inclusive por mim, que não estou demonstrando nada”, disse Augusto. “Apesar disso, estou recebendo todo apoio deles. Então tenho de agradecer o tratamento que recebo neste momento em que estou com dificuldade. Vamos ver se consigo retribuir com resultados logo”, seguiu.

Ainda, Augusto não deixou de elogiar a atuação de Acosta, que estreou no pódio da MotoGP ainda na segunda corrida da carreira.

“O pódio de Pedro é brutal. Tudo que ele está fazendo, no geral”, comentou. “Em um circuito novo, no qual ele nunca tinha treinado com a MotoGP. Temos uma referência muito boa na KTM. O temos dentro de casa, então vamos se podemos copiá-lo e nos aproximarmos”, encerrou.

MotoGP volta à pista entre os dias 12 e 14 de abril, para o GP das Américas, em Austin, terceira etapa do campeonato de 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.