Bautista admite que aporte financeiro deve influenciar Gresini, mas diz que equipe o quer para 2013

Álvaro Bautista nega rumores de que está fora da Gresini em 2013 e disse que, na verdade, está negociando com o time italiano e que as questões são financeiras

Álvaro Bautista ainda não sabe que equipe vai defender em 2013 na MotoGP. O espanhol assumiu na Gresini para este ano o lugar de Marco Simoncelli, morto em um trágico acidente no GP de Sepang do ano passado, e vem tentando se manter no time para a próxima temporada. A vaga ainda está em aberto. “Tudo ainda por questões econômicas”, disse Álvaro, que negou os rumores que o colocam fora da equipe de Fausto Gresini.

“Há muitas coisas sendo ditas a todo o momento. Um dia leio em algum lugar que estou na Gresini, no dia seguinte me colocam em outra equipe ou fora da MotoGP. É sempre assim”, afirmou o piloto de 27 anos, em entrevista coletiva, neste domingo (16), depois de conquistar o terceiro lugar na corrida de Misano.
Bautista foi o terceiro em Misano (Foto: Bridgestone)

Bautista revelou ainda que Fausto tem, sim, o interesse de mantê-lo na equipe por mais uma temporada, mas as negociações esbarram nas questões financeiras. “Eu quero ficar e o Fausto quer que eu fique. Estamos conversando. Mas, neste momento, eles estão trabalhando mais com as questões econômicas, falando com patrocinadores. Então, temos de esperar um pouco mais”, disse. “Uma corrida pode mudar tudo”, acrescentou.

O espanhol, que obteve em Misano seu primeiro pódio na MotoGP neste domingo, exaltou o resultado e disse “que é um bom começo”. Álvaro também lembrou Simoncelli e dedicou o desempenho ao italiano. “Depois tantas corridas difíceis, os conseguimos administrar bem a prova e lutar pelo pódio. Estou realmente muito feliz pela equipe e por Marco, porque seja lá onde estiver neste momento, ele nos ajudou hoje. Eu pude sentir sua mão em meu ombro e perceber que Marco estava conosco hoje”, completou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube