Bezzecchi fica na frente nos primeiros treinos da Moto2 do GP da Andaluzia

O italiano da VR46 anotou a marca de 1min41s525 ainda no primeiro treino para se colocar como o mais rápido da sexta-feira (24). Tetsuta Nagashima e Jorge Navarro fecham o top-3

LEIA TAMBÉM
SUPER-HERÓIS DE CARNE E OSSO: os retornos mais impressionantes do Mundial

Marco Bezzecchi tratou de liderar as primeiras atividades da Moto2 para o GP da Andaluzia. Nesta sexta-feira (24), com o tempo de 1min41s525 nos treinos combinados em Jerez, o piloto foi o mais veloz do dia.

O italiano da VR46 tratou de anotar a marca mais rápida ainda na sessão da parte da manhã, ponteando. Na parte da tarde, com 1min41s992, 0s467 mais lento que o #72, liderando a atividade.

Tetsuta Nagashima, atual líder da classificação e com uma vitória em 2020, foi o segundo mais rápido do dia, apenas 0s028 atrás de Bezzecchi. Jorge Navarro, Lorenzo Baldassarri e Nicolò Bulega completaram os cinco mais velozes da tabela.

Marco ainda sofreu um susto no final do segundo treino livre no circuito espanhol. O piloto escapou na curva 1 e foi parar na caixa de brita, vendo sua moto pegar fogo instantaneamente. Agindo rápido, os fiscais conseguiram controlar o pequeno incêndio.

Saiba como foram os primeiros treinos livres da Moto2 em Jerez

A Moto2 foi para a pista assim que a MotoGP encerrou sua sessão. Na hora do treino, o sol brilhava forte na Espanha, com a temperatura batendo 29ºC e o asfalto chegando a 40ºC. A umidade vinha a 59% e o vento soprava a 8 km/h.

Com os primeiros giros de aquecimento completados, os tempos começavam a surgir na tabela. Com 1min42s379, Marcel Schrötter foi o primeiro a se colocar na ponta. Nicolò Bulega, Jake Dixon, Jorge Navarro e Jorge Martín vinham na sequência.

Enquanto isso, o atual líder da classificação, Tetsuta Nagashima, ainda vinha lento na sessão. O japonês era apenas o 21º, mas não por muito tempo, pois logo saltou dez posições e foi para 11º.

As coisas estavam em forte ritmo no circuito andaluz e o novo líder da sessão era Lorenzo Baldassarri. Schrötter, Sam Lowes, Bulega, Remy Gardner, Martín, Navarro, Enea Bastianini e Thom Lüthi fechavam o top-10.

Mais da metade da sessão percorrida e os pilotos já estavam nos boxes para a parada programada. Marco Bezzecchi baixou o tempo para 1min41s525 e era o novo ponteiro, com Nagashima apenas 0s028 mais lento. O japonês é quem mais tinha completado giros até este ponto, com 12 em sua conta.

Em um treino com final sem grandes emoções, a ordem não mudou na tabela, com Bezzecchi fechando como o mais veloz da parte da manhã. Tetsuta tratou de ficar em segundo, com Navarro, Baldassarri e Bulega completando o top-5.

A segunda sessão de treinos da classe intermediária também aconteceu em bastante calor e o sol marcando presença. Bezzecchi abriu as atividades com o melhor tempo ao fazer 1min42s193. Marini e Lüthi apareciam logo na sequência.

Na curva 13, Stefano Manzi e Fabio Di Giannantonio protagonizaram um breve susto, quando o primeiro passou colado ao lado do adversário. Neste momento, a moto chegou a balançar, mas o competidor conseguiu se equilibrar.

Outro piloto que teve de se segurar em cima da moto foi Thomas. O #12 da Intact passou em cima da zebra da curva 12 e precisou ficar de pé para conseguir evitar a queda – com sucesso.

Na ordem da tabela com metade do treino completado e a maior parte do grid nos boxes, Marini era o novo líder com 1min41s992 marcado em sua quinta volta rápida. Bezzecchi estava apenas 0s081 mais lento. Nagashima, Lowes e Lüthi fechavam o top-5.

Na reta final, Bezzechi protagonizou uma queda na curva 1. O italiano acabou escapando para a caixa de brita e o que impressionou foi sua moto ter pegado fogo, mas rapidamente controlado pelos fiscais.

Os dez primeiros colocados da tabela eram Marini, Marco, Navarro, Nagashima, Lowes, Lüthi, Schrötter, Bulega, Hafizh Syahrin e Martín.

Nos tempos combinados, o #72 da VR46 liderava com 1min41s525. Quem vinha logo depois é o atual líder da classificação apenas 0s028 mais lento. Navarro, Baldassarri e Bulega eram os cinco mais velozes do dia.

As coisas estavam bastante próximas com a combinação das atividades. A diferença entre o primeiro colocado e o 23º, que era Xavi Vierge, era de apenas 10s64. Para efeito de comparação, o grid tem 30 pilotos.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Andaluzia, segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube