Biaggi diz que está “sempre lá para Aprilia”, mas nega presença nos testes de Sepang

Max Biaggi afirmou que, até onde sabe, não estará nos testes da MotoGP em Sepang. O italiano chegou a ser cogitado como substituto de Andrea Iannone, suspenso por doping

Max Biaggi jogou um balde d’água em quem esperava vê-lo de volta à MotoGP no teste de Sepang. O italiano afirmou que não vai à Malásia para trabalhar com a Aprilia no início do mês.
 
Max Biaggi (Foto: FE)
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Em uma entrevista durante o Moto Bike Expo, em Verona, Biaggi afirmou que adora ser requisitado pela Aprilia, mas explicou que, até onde sabe, não estará em Sepang.
 
“Até onde eu sei, não vou voltar à moto nos testes da MotoGP”, disse Biaggi. “Mas eu realmente gosto quando a minha presença é requisitada, quando a Aprilia me liga”, reconheceu.
 
“Mesmo que seja só por diversão, estou sempre lá para a Aprilia”, garantiu. “Para mim, pilotar uma moto segue sendo a melhor coisa do mundo, assim como para todos os fãs”, comentou.
 
Além de Biaggi, a Aprilia considerava Karel Abraham e Lorenzo Savadori como alternativas à Iannone. 
 
Ainda, Biaggi, que neste ano vai ser introduzido no Rol das Lendas da MotoGP, deu sua opinião sobre o novo motor V 90º da RS-GP que a Aprilia vai passar a utilizar neste ano.
 
“O V4 da Aprilia deve ter um bom potencial. É um bom sinal, porque quando um motor toma forma bem, é uma coisa excelente”, declarou. “Os projetos são sempre relativos, mas a realidade é diferente. O potencial é bom”, completou.
 
A primeira bateria de testes da pré-temporada 2020 acontece entre os dias 7 e 9 de fevereiro, na Malásia.
 
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar