Bulega aparece no fim e lidera primeiro treino livre na Austrália. Líder da Moto3, Mir fica em quarto

Nicolò Bulega aproveitou os instantes finais do primeiro treino livre em Phillip Island para cravar 1min38s582 e assegurar a liderança da Moto3. 0s074 mais lento, Enea Bastianini ficou em segundo, à frente de Ayumu Sasaki

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nicolò Bulega teve uma manhã de altos e baixos nesta sexta-feira (20) em Phillip Island. Nos minutos finais do primeiro treino livre, o #8 cravou 1min38s582 e assegurou a liderança da Moto3, mas caiu pouco depois, derrubando Arón Canet na curva quatro do traçado de Victoria.
 
Em seu giro final, Enea Bastianini se colocou a 0s074 do líder e ficou com o segundo posto, apenas 0s014 melhor que Ayumu Sasaki, dono da terceira melhor marca.
Nicolò Bulega foi o mais rápido nesta manhã na Austrália (Foto: VR46)
Líder do Mundial, Joan Mir foi 0s105 mais lento que o ponteiro e ficou com o quarto posto, à frente de Bo Bendsneyder e Niccolò Antonelli,
 
Jorge Martín chegou a liderar a sessão, mas acabou em sétimo, seguido por Marco Bezzecchi e Andrea Migno. Juanfran Guevara completa a lista dos dez melhores.
 
Saiba como foi o primeiro treino da Moto3 em Phillip Island:
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Com o céu parcialmente nublado, a sexta-feira em Phillip Island começou com temperaturas baixas. Quando a Moto3 entrou na pista, os termômetros marcavam 15°C, com o asfalto alcançando apenas 12°C. A velocidade do vento era de 14 km/h.
 
Líder do Mundial, Joan Mir começou a sessão na ponta, à frente de Juanfran Guevara e Marcos Ramírez. O piloto da Kiefer logo melhorou sua marca para se manter na ponta, mas acabou superado por Martín pouco depois, que foi 0s383 mais rápido.
 
Mir respondeu rapidamente e voltou à liderança ao anotar 1min39s429, mas o troco também veio de imediato, com Martín permanecendo no topo.
 
Ainda nos primeiros minutos da sessão, Philipp Oettl sofreu uma queda na Southern Loop, a segunda curva do traçado australiano, após um toque de Darryn Binder. O britânico ficou bastante irritado, mas não se feriu. 
 
Com 1min39s129, Martín tinha o topo da tabela, à frente de Oettl, Mir, Bendsneyder, Binder, Bulega, Danilo, Migno, Suzuki e Guevara.
 
Pouco depois, Niccolò Antonelli saltou para a quinta colocação, à frente de Enea Bastianini.
 
0s125 mais lento que o líder Martín, Bendsneyder assumiu o segundo posto, escoltado por Antonelli. Na sequência, porém, Bastianini passou em 1min39s075 e assumiu o comando da sessão, 0s053 melhor que o #88.
 
Restando menos de dez minutos para o fim da sessão, Mir anotou 1min38s687 e assumiu a ponta, superando Bastianini por 0s388. Martín era o terceiro, seguido por Bendsneyder, Antonelli, Oettl, Canet, Danilo, Ramírez e Norrodin.
 
Em uma manhã apagada, Romano Fenati sofreu uma high-side na curva 11, mas escapou de lesões. O italiano escapou sem maiores lesões.
 
Na sequência, Bendsneyder entrou na casa de 1min38s e assumiu o segundo posto, à frente de Bastianini. Pouco depois, Antonelli passou o companheiro de Red Bull KTM Ajo para ficar com a segunda colocação.
 
Nos minutos finais, Bulega foi a 1min38s582 e assumiu a liderança, seguido por Sasaki, Mir e Bendsneyder.
 
Pouco após assumir a ponta, Bulega caiu na curva quatro e derrubou Arón Canet, mas nenhum dos dois se feriu com gravidade.

Moto3, GP da Austrália, Phillip Island, 1º Treino Livre:

1 8 NICOLÒ BULEGA ITA VR46 KTM 1:38.582  
2 33 ENEA BASTIANINI ITA ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:38.656 +0.074
3 71 AYUMU SASAKI JAP SIC Racing Team KTM 1:38.670 +0.088
4 36 JOAN MIR ESP KIEFER Honda 1:38.687 +0.105
5 64 BO BENDSNEYDER HOL RED BULL KTM AJO 1:38.704 +0.122
6 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA RED BULL KTM AJO 1:38.716 +0.134
7 88 JORGE MARTÍN ESP GRESINI Honda 1:38.877 +0.295
8 12 MARCO BEZZECCHI ITA CIP Mahindra 1:39.178 +0.596
9 16 ANDREA MIGNO ITA VR46 KTM 1:39.303 +0.721
10 58 JUANFRAN GUEVARA ESP RBA Mahindra 1:39.312 +0.730
11 7 ADAM NORRODIN MAL SIC Racing Team Honda 1:39.353 +0.771
12 42 MARCOS RAMÍREZ ESP WORLDWIDE KTM 1:39.420 +0.838
13 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM 1:39.423 +0.841
14 44 ARÓN CANET ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:39.483 +0.901
15 11 LIVIO LOI BEL KIEFER Honda 1:39.530 +0.948
16 95 JULES DANILO FRA ONGETTA Honda 1:39.627 +1.045
17 84 JAKUB KORNFEIL TCH SAXOPRINT Peugeot 1:39.809 +1.227
18 96 MANUEL PAGLIANI FRA CIP Mahindra 1:39.926 +1.344
19 48 LORENZO DALLA PORTA ITA ASPAR Mahindra 1:39.929 +1.347
20 19 GABRIEL RODRIGO ARG RBA Mahindra 1:39.996 +1.414
21 40 DARRYN BINDER RSA WORLDWIDE KTM 1:39.998 +1.416
22 24 TATSUKI SUZUKI JAP SIC58 Honda 1:40.106 +1.524
23 41 NAKARIN ATIRATPHUVAPAT TAI TEAM ASIA Honda 1:40.170 +1.588
24 21 FABIO DI GIANNANTONIO ITA GRESINI Honda 1:40.380 +1.798
25 5 ROMANO FENATI ITA ONGETTA Honda 1:40.445 +1.863
26 17 JOHN MCPHEE ING BRITISH TALENT TEAM Honda 1:40.866 +2.284
27 14 TONY ARBOLINO ITA SIC58 Honda 1:40.901 +2.319
28 4 PATRIK PULKKINEN FIN SAXOPRINT Peugeot 1:40.980 +2.398
29 27 KAITO TOBA JAP TEAM ASIA Honda 1:42.272 +3.690
30 6 MARÍA HERRERA ESP ASPAR Mahindra 1:42.374 +3.792
31 70 TOM TOPARIS AUS CUBE KTM    
             
RECORDE JACK MILLER AUS ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:36.302 166.2 km/h
MELHOR VOLTA ÁLEX MÁRQUEZ ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:36.050 166.7 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 14ºC | pista: 15ºC

RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube