Bulega domina classificação em Motegi e encerra longo jejum com primeira pole da temporada. Líder da Moto3, Mir sai em 20º

Nicolò Bulega desfilou uma performance impecável no treino classificatório deste sábado (14) e conquistou sua primeira pole-position na temporada 2017. 0s272 mais lento, Niccolò Antonelli ficou em segundo, com Arón Canet completando o top-3. No primeiro match-point do título, Joan Mir vai largar apenas em 20º por aliar punição e o 14º tempo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nicolò Bulega colocou um ponto final em um jejum que vinha desde o GP da Espanha de abril do ano passado. Impecável na tarde deste sábado (14), o italiano não deu muitas chances à concorrência e tratou de cravar sua primeira pole-position na temporada 2017.
 
Com uma volta rápida atrás da outra, o pupilo de Valentino Rossi fez a melhor de suas 16 marcas em 2min09s320, 0s272 melhor que Niccolò Antonelli, o segundo colocado. Arón Canet vai fechar a primeira fila do grid.
Nicolò Bulega vai sair na pole em Motegi (Foto: VR46)
Já 0s477 atrás do ponteiro, Marco Bezzecchi ficou com o quarto posto, à frente de Enea Bastianini, Romano Fenati, Jorge Martín, Gabriel Rodrigo e Manuel Pagliani. Andrea Migno fecha o top-10.
 
Líder da Moto3, Joan Mir foi 1s260 mais lento que Bulega nesta tarde e ficou apenas com o 14º tempo. Como carrega uma punição de Aragão, o #36 vai iniciar seu primeiro match-point para o título apenas em 20º em Motegi.
 
Saiba como foi o treino classificatório da Moto3 no Japão:
 
A chuva deu uma trégua em Motegi, mas o asfalto ainda estava longe de estar seco, o que forçaria mais uma sessão ― ao menos nesses primeiros minutos ― sem os slicks. Pouco antes do cronometro ser acionado, os termômetros marcavam 15°C, com o asfalto chegando a 17°C. A velocidade do vento era de 3 km/h.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O treino desta tarde, aliás, inaugurou uma nova modalidade de punição. Andrea Migno e Lorenza Dalla Porta foram impedidos de participar dos primeiros 20 minutos da sessão classificatória por terem guiado de maneira irresponsável no treino classificatório de Aragão. A direção de prova segue tentando impedir que os pilotos da categoria inicial reduzam a velocidade na pista a espera de um piloto mais rápido.
 
Com 2min12s654, Arenas começou a sessão na pole provisória, 0s414 à frente de Canet. Fenati, Mir e Bulega vinham na sequência.
 
Na passagem seguinte, Arenas foi ainda melhor e manteve a ponta da tabela, agora com 0s188 de margem para Mir. Suzuki tinha o terceiro posto, à frente de Oettl.
 
Pouco depois, Bulega alcançou 2min11s727 e assumiu a ponta, passando Arenas por 0s047. Canet, Mir e Fenati apareciam em seguida.
 
Sem demora, Arenas deu o troco e retomou a ponta ao superar a marca de Bulega por 0s366. Fenati, então, avançou ao segundo posto, apenas 0s019 mais rápido que o piloto da VR46.
 
Nicolò cravou 2min11s472 em sua sexta volta e voltou ao segundo lugar, reduzindo para 0s111 a margem de Arenas no topo da tabela. Rodrigo era agora o terceiro.
 
Pouco depois, tudo mudou. Fenati achou uma volta em 2min11s058 com uma última parcial perfeita e assumiu a ponta, 0s117 à frente de Suzuki. McPhee vinha em terceiro, seguido por Rodrigo e Canet. Arenas era agora o sexto, com Bezzecchi e Bulega atrás.
 
A liderança de Fenati, no entanto, também foi breve, já que Canet apareceu com 2min10s881 e abriu 0s177 de margem para o #5. 
 
Com cerca de 15 minutos para o fim da sessão, Arenas sofreu uma queda na curva 14 e teve de voltar a pé para os boxes. O espanhol parece ter se ferido no acidente.
 
Enquanto isso, Bulega saltou para o segundo posto, 0s264 mais lento que Canet, que tinha acabado de melhorar sua parcial. Fenati era o terceiro, à frente de Oettl e Suzuki.
 
Bulega fez uma nova tentativa e alcançou a ponta da tabela ao registrar 2min10s237, 0s421 melhor que Canet. Mais atrás, Antonelli também tinha melhorado e aparecia em quarto.
 
Antonelli, aliás, conseguiu melhorar mais e assumiu o segundo posto, mas logo caiu para terceiro, com Bezzecchi virando 0s012 melhor. Bulega,então, tratou de alcançar 2min09s933 para se manter isolado na ponta.
 
Na sequência, Rodrigo se instalou em segundo, mas perdeu a posição para Fenati quase que imediatamente. Canet era o quarto, à frente de Bezzecchi. Atiratphuvapat ocupava o sétimo lugar.
 
Intocável, Bulega seguia melhorando e chegou em 2min09s688 em sua 14ª volta, mais de 0s5 melhor que os rivais. O #8, porém, deu uma escapada da pista, mas evitou a queda e voltou ao treino.
 
Quem não conseguiu evitar o tombo foi Atiratphuvapat, mas o tailandês logo voltou para a pista para dar sequência à sessão.
 
Já na reta final do treino, Bastianini e Fenati se juntaram ao clube das voltas em 2min09s, se colocando em segundo e terceiro, respectivamente. Depois de cumprir punição, Migno vinha em nono.
 
Restando poucos segundos no cronômetro, Bezzecchi saltou para o segundo posto, 0s109 mais lento que Bulega, que vinha apertando o passo outra vez.
 
Canet, então, foi a 2min09s708, assumindo o segundo posto com 0s020 de atraso para Bulega.
 
Com o cronômetro travado, Bulega cravou 2min09s320, abrindo 0s388 de margem para Canet, que ainda tinha tempo para mais uma volta.
 
Em seu giro final, Antonelli foi 0s272 mais lento que Bulega e avançou para a segunda colocação, à frente de Canet.
 

#GALERIA(7208)

Moto3, GP do Japão, Motegi, Classificação:

1 8 NICOLÒ BULEGA ITA VR46 KTM 2:09.320  
2 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA RED BULL KTM AJO 2:09.592 +0.272
3 44 ARÓN CANET ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 2:09.708 +0.388
4 12 MARCO BEZZECCHI ITA CIP Mahindra 2:09.797 +0.477
5 33 ENEA BASTIANINI ITA ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 2:09.846 +0.526
6 5 ROMANO FENATI ITA ONGETTA Honda 2:09.881 +0.561
7 88 JORGE MARTÍN ESP GRESINI Honda 2:10.152 +0.832
8 19 GABRIEL RODRIGO ARG RBA Mahindra 2:10.227 +0.907
9 96 MANUEL PAGLIANI FRA CIP Mahindra 2:10.305 +0.985
10 16 ANDREA MIGNO ITA VR46 KTM 2:10.320 +1.000
11 64 BO BENDSNEYDER HOL RED BULL KTM AJO 2:10.383 +1.063
12 41 NAKARIN ATIRATPHUVAPAT TAI TEAM ASIA Honda 2:10.385 +1.065
13 7 ADAM NORRODIN MAL SIC Racing Team Honda 2:10.538 +1.218
14 24 TATSUKI SUZUKI JAP SIC58 Honda 2:10.737 +1.417
15 11 LIVIO LOI BEL KIEFER Honda 2:10.877 +1.557
16 21 FABIO DI GIANNANTONIO ITA GRESINI Honda 2:10.888 +1.568
17 17 JOHN MCPHEE ING BRITISH TALENT TEAM Honda 2:10.925 +1.605
18 58 JUANFRAN GUEVARA ESP RBA Mahindra 2:10.968 +1.648
19 84 JAKUB KORNFEIL TCH SAXOPRINT Peugeot 2:11.012 +1.692
20 36 JOAN MIR ESP KIEFER Honda 2:10.580 +1.260
21 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM 2:11.097 +1.777
22 42 MARCOS RAMÍREZ ESP WORLDWIDE KTM 2:11.125 +1.805
23 95 JULES DANILO FRA ONGETTA Honda 2:11.262 +1.942
24 71 AYUMU SASAKI JAP SIC Racing Team KTM 2:11.298 +1.978
25 40 DARRYN BINDER RSA WORLDWIDE KTM 2:11.349 +2.029
26 75 ALBERT ARENAS ESP ASPAR Mahindra 2:11.361 +2.041
27 48 LORENZO DALLA PORTA ITA ASPAR Mahindra 2:11.400 +2.080
28 27 KAITO TOBA JAP TEAM ASIA Honda 2:11.999 +2.679
29 4 PATRIK PULKKINEN FIN SAXOPRINT Peugeot 2:12.735 +3.415
30 14 TONY ARBOLINO ITA SIC58 Honda 2:12.925 +3.605
31 70 TOM TOPARIS AUS CUBE KTM 2:16.493 +7.173
             
RECORDE ÁLEX MÁRQUEZ ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:57.112 147.5 km/h
MELHOR VOLTA HIROKI ONO JAP TEAM ASIA Honda 1:56.443 148.4 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA MOLHADA   ar: 14ºC | pista: 17ºC
’EXTRAORDINÁRIO’

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube