Campeão com antecedência, Zarco celebra título da Moto2, mas matém pés no chão: “Temos que pensar na corrida”

Johann Zarco já têm motivos de sobra para comemorar o GP do Japão, e a corrida ainda não aconteceu. Após o primeiro treino livre, Tito Rabat anunciou que não correria a etapa, entregando o título de bandeja para o francês, que afirma "sonho realizado" em ser campeão da Moto2

Bastou 14 etapas, com quarto ainda restantes na temporada, para que Johann Zarco conquistasse o título do Mundial da Moto2 de 2015. Após o primeiro treino em Motegi, Tito Rabat anunciou que não disputaria a prova japonesa, entregando de bandeja o triunfo para o líder da classificação.
 
Durante a semana, o espanhol, que participou de treinos na Espanha, acabou sofrendo um acidente e caindo com sua moto. O resultado foi um braço quebrado e operado. Apesar da liberação médica, bastou um ensaio para ver que não seria capaz de correr.
 
O titular da Ajo sustentava uma liderança de 78 pontos contra Rabat, e com apenas 75 para serem disputados, o que lhe garantiu de sagrar-se o grande campeão deste ano.
Johann Zarco (Foto: Ajo)
Claro que Zarco não escondeu a empolgação com o título conquistado no Japão, mas manteve a cautela, afirmando que as comemorações começarão apenas após o domingo. “É fantástico. É um sonho que se torna realidade ser campeão da Moto2”, disse.
 
“Agora é hora de me acalmar e começaremos as comemorações após a corrida de domingo, pois agora temos que pensar na etapa, mas estou muito feliz. Eu não esperava as coisas dessa maneira, e me sinto mal por Tito. Espero que ele se recupere logo”, completou.
 
Ele continuou com seu animado discurso, ressaltando os bons resultados conquistados ao longo do ano. “Tem sido uma temporada incrível, e brigamos pela vitória toda corrida”.
 
“Se não alcançamos a vitória, chegamos muito perto dela. O trabalho tem sido feito de forma ótima e a atmosfera da equipe tem sido fundamental. Espero que no domingo possamos celebrar com uma vitória”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube