MotoGP

Canet crava primeira pole da temporada 2019 da Moto3. Fenati erra estratégia em nova classificação e é 11º

Arón Canet cravou 2min05s883 e garantiu a pole-position para o GP do Catar de Moto3. 0s197 mais lento, Lorenzo Dalla Porta vai sair em segundo, com Kaito Toba em terceiro. Na estreia de um novo formato de classificação, a equipe de Romano Fenati errou a estratégia e, sem tempo para uma tentativa final, o #55 acabou apenas em 11º
Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
GUIA 2019
🏁 MotoGP abre 2019 imprevisível e com promessa de alta competitividade
🏁 Por equilíbrio, MotoGP introduz mudanças aerodinâmica e eletrônica
🏁 Yamaha mostra evolução. Mas a dúvida permanece: é o suficiente?
🏁 Ducati sai da pré-temporada forte e vê chance de recuperar título
🏁 Honda carrega mistério: Márquez e Lorenzo vão se aguentar sem brigas?
🏁 Após anos de 'chove e não molha', Suzuki vê chance de dar próximo passo
🏁 KTM tem Pedrosa como trunfo e chance de acelerar evolução da RC16
🏁 Aprilia mira evolução e busca recuperação após 2018 decepcionante
🏁 Moto2 tem motor Triumph, mudança na classificação e classe talentosa
🏁 Moto3 traz nova classificação, volta de Fenati, time de Biaggi e promessa Öncü
🏁 Até com Gibernau, Mundial estreia Copa do Mundo de MotoE em 2019

Arón Canet terá a honra de sair na pole-position na primeira corrida da temporada 2019 da Moto3. O #44 se mostrou dominante ao longo da fase final da classificação deste sábado (9) e colocou a estreante equipe de Max Biaggi na posição de honra do grid de Losail.
 
O novo formato de classificação deu uma dinâmica diferente à classificação da Moto3, que passou a ser dividida entre Q1 e Q2, levando em conta o resultado combinado dos três primeiros treinos livres. Ainda assim, os pilotos seguiram rodando em grupo, embora sem a ‘cera vista no modelo anterior.
 
Com 2min05s883, Canet assumiu a ponta da tabela ainda em sua terceira volta nesta tarde e não foi mais incomodado. Em sua última tentativa, Lorenzo Dalla Porta ainda conseguiu reduzir a vantagem do espanhol para 0s197, mas acabou mesmo em segundo.
Arón Canet (Foto: Reprodução)
Kaito Toba se destacou na classificação e vai fechar a segunda fila, à frente de John McPhee. Niccolò Antonelli sofreu uma queda na sessão, mas conseguiu se recuperar e vai sair em quinto.
 
Albert Arenas conquistou o sexto posto, à frente de Tony Arbolino, Celestino Vietti e Vicente Pérez. Raul Fernández completa o top-10.
 
Forte desde a pré-temporada, Fenati foi um dos primeiros a aparecer no topo da tabela, mas errou a estratégia e deixou os boxes para sua última tentativa muito em cima da hora. O #55, então, não conseguiu melhorar seu tempo e acabou apenas com a 11º posição.
 
Na estreia do novo formato de classificação, Tatsuki Suzuki ficou a 0s050 de avançar ao Q2 e, assim, terá de sair em 19º, à frente de Marcos Ramírez, Alonso López, Ayumu Sasaki, Makar Yurchenko, Darryn Binder, Ryusei Yamanaka, Tom Booth-Amos e Jaume Masià. Filip Salac foi levado ao hospital depois de um acidente nesta manhã e sequer marcou tempo. Riccardo Rossi também não rodou no Q1.

Ordem muda na bandeira quadriculada e Vierge, McPhee, Ogura e Fernández avançam para Q2
 
O GP do Catar marca o novo formato da classificação da Moto3. Quando os pilotos saíram para a pista para a primeira fase da tomada de tempos, os termômetros marcavam 18ºC, enquanto o asfalto batia os 21ºC.
 
O cronômetro começou a rotar no circuito catari e os pilotos estavam liberados a entrar na pista. Não demorou muito para que logo deixassem os boxes e fossem para suas voltas de instalação.
 
O primeiro piloto a garantir a melhor volta foi Tatsuki Suzuki, que cravou 2min07s917. Enquanto isso, Riccardo Rossi foi o primeiro a anotar uma queda, mas logo retomou para a sessão.
 
As coisas começaram a se agitar em Losail. Fernandez tratou de baixar o tempo para 2min07s327 para pular para a ponta da tabela. O piloto era seguido por Suzuki, Yurchenko e Masiá, os quatro que garantiam as vagas para o Q2.
 
Com menos de cinco minutos para o encerramento da sessão, Fernandez seguia na ponta da tabela. Entretanto, agora era seguido por Ramírez, Yuchenko e López.
 
Mas McPhee logo tratou de mudar toda a situação. Ao virar 2min06s716, o inglês saltou para a primeira colocação da tabela. Com Fernandez e Ramírez em segundo e terceiro, era agora Vietti quem vinha no quarto posto. Parte do pelotão estava nos boxes no momento.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Losail, as coisas trataram de mudar totalmente na tabela. Quem garantiu as vagas para a fase final da classificação foram Vierge, McPhee, Ogura e Fernandez.

Canet aparece no fim, dá volta voadora e garante primeira pole-position do ano na Moto3

Pouco depois, os 15 minutos finais da classificação começaram a rodar no Catar. No novo formato da tomada de tempos, 18 pilotos iriam disputar pela pole-position.
 
Com a bandeira verde tremulando, os pilotos foram aos poucos deixando suas garagens Os primeiros a irem para a pista foram Foggia, Vierge, Migno, Rodrigo e Kornfeil. Mas não demorou muito para o restante se juntasse ao quinteto.
 
O primeiro tempo a surgir na tabela foi de Rodrigo, mas tãorapidamente o argentino foi superado por Vierge, que fez 2min07s003. Kornfeil se colocou em segundo, com Foggia completando o top-3 momentâneo.
 
Com menos de dez minutos para a bandeira quadriculada, tudo mudava no circuito catari. Quem sustentava a pole-position provisória era Fenati ao virar 2min06s681, com Dalla Porta e Vierge vindo logo em seguida.
 
Mas as coisas seguiam bastante movimentadas na classificação. A primeira colocação chegou a passar pelas mãos de Arbolino e Toba, mas com 2min05s883, era Canet quem sustentava o primeiro posto da tabela.
 
Com a bandeira quadriculada já tremulada em Losail, um grande pelotão ainda tinha uma volta restante. No final, foi Canet quem conseguiu ficar com a pole-position para a primeira etapa do ano, com Dalla Porta largando em segundo e Migno fechando a primeira fila.

Moto3 2019, Catar, Losail, Grid de largada:

1 A CANET MAX KTM 2:05.883  
2 L DALLA PORTA Leopard Honda 2:06.080 +0.197
3 K TOBA Asia Honda 2:06.109 +0.226
4 J MCPHEE SIC HONDA 2:06.308 +0.425
5 N ANTONELLI SIC58 Honda 2:06.373 +0.490
6 A ARENAS Ángel Nieto KTM 2:06.526 +0.643
7 T ARBOLINO Snipers Honda 2:06.621 +0.738
8 C VIETTI VR46 KTM 2:06.663 +0.780
9 V PEREZ Avintia KTM 2:06.670 +0.787
10 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 2:06.673 +0.790
11 R FENATI Snipers Honda 2:06.681 +0.798
12 G RODRIGO RBA KTM 2:06.805 +0.922
13 K MASAKI RBA KTM 2:06.978 +1.095
14 J KORNFEIL Prüstel KTM 2:07.247 +1.364
15 A OGURA Asia Honda 2:07.363 +1.480
16 D FOGGIA VR46 KTM 2:07.411 +1.528
17 A MIGNO Worldwide KTM 2:07.525 +1.642
18 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 2:07.638 +1.755
19 T SUZUKI SIC58 Honda 2:06.884 +1.001
20 M RAMÍREZ Leopard Honda 2:07.253 +1.370
21 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 2:07.318 +1.435
22 A SASAKI SIC HONDA 2:07.373 +1.490
23 M YURCHENKO RBA KTM 2:07.681 +1.798
24 D BINDER CIP KTM 2:07.868 +1.985
25 R YAMANAKA Estrella Galicia 0,0 Honda 2:08.179 +2.296
26 T BOOTH-AMOS CIP KTM 2:08.272 +2.389
27 J MASIÀ Worldwide KTM 2:08.442 +2.559
  F SALAC Prüstel KTM    
  R ROSSI Gresini Honda