Chefe da Tech3 diz que Oliveira está bem e queria correr após queda

Piloto português caiu durante o TL4 em Phillip Island, mas escapou sem fraturas e será reavaliado neste domingo (26), antes do Q1

Priorizar segurança e ouvir pilotos é sempre decisão acertada

A forte queda de Miguel Oliveira foi determinante para o encerramento precoce da última sessão de treinos livres da MotoGP em Phillip Island, na Austrália. O piloto da Tech3 perdeu o controle da moto e foi arrastado pelo vento no fim da reta principal do circuito, caindo com violência fora da pista.
Apesar do susto e da preocupação no momento do acidente, Miguel Oliveira escapou da queda sem fraturas. O piloto português foi levado para o centro médico do circuito e foram detectadas apenas alguns machucados pelo corpo.
 
Hervé Poncharal, chefe de equipe da Tech3, contou ao canal 'DAZN' que Oliveira sofreu hematomas na mão e no braço esquerdo, mas que se encontra consciente e bem. O dirigente ainda afirmou que o piloto queria voltar para a pista, mas que foi impedido. O TL4 acabou mais cedo por conta da falta de segurança causada pelos fortes ventos em Phillip Island.
 
Em comunicado no seu perfil oficial no Twitter, a MotoGP anuciou que Miguel Oliveira passará por uma reavaliação neste domingo (27) antes da classificação, que aconteceria no sabádo e foi adiada.

 

Oliveira disse, em comunicado à imprensa, que não teve sorte e que pouco conseguiu fazer para evitar a queda por conta dos fortes ventos em Phillip Island. Ele ressaltou que está com dores nas mãos e que passará por avaliação antes de subir na moto neste domingo (27).

"Não tenho muito a dizer sobre hoje. As condições estavam ruins para todos. Eu não poderia ter evitado a queda na primeira curva por causa do vento, eu fui muito azardo. Nós só podemos agradecer por eu estar inteiro e ainda vou ver se estou apto a correr amanhã porque, no momento, minhas mãos são os maiores problemas. Vou avaliar amanhã de manhã e verei minha condição", disse Oliveira.

O GP da Austrália de MotoGP está marcado para o domingo, às 1h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA HISTÓRIA DA FÓRMULA 1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube