Chefe da Tech3 exalta postura e atitude corajosa de Zarco no Catar e admite: “Nos surpreendeu completamente”

Chefe da Tech3, Hervé Poncharal afirmou que estava certo do potencial de sua nova dupla de pilotos, mas reconheceu que foi surpreendido por Johann Zarco, que liderou as primeiras voltas do GP do Catar. Dirigente exaltou a atitude corajosa e a postura do francês em Losail

 
Chefe da Tech3, Hervé Poncharal não esconde a alegria com sua nova dupla de pilotos. Johann Zarco e Jonas Folger estrearam na MotoGP em alta, mostrando boas performances desde os testes coletivos da pré-temporada. 
 
Falando ao site da MotoGP, Poncharal destacou que sempre acreditou no potencial de seus novos pilotos, mas admitiu que ficou surpreso com a rápida adaptação e, mais ainda, com a atuação de Zarco em Losail.
Johann Zarco ganhou elogios do chefe da Tech3 (Foto: Tech3)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

“Se fechamos com eles, foi porque acreditávamos no potencial deles”, disse Poncharal. “Mas serem tão rápidos quanto eles foram quando um tempo de adaptação mãos longo é normalmente exigido entre Moto2 e MotoGP é algo que não esperávamos. Nós ficamos surpresos, mas já tínhamos ficado durante os testes de inverno”, admitiu. 
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“A performance normalmente é melhor nos testes na ausência de pressão — e no grid tinha muita pressão”, apontou. “Jonas estava muito estressado, então não estou surpreso pela performance não ter sido exatamente como os testes mostraram. As condições climáticas não ajudaram. Mas Johann nos surpreendeu completamente”, reconheceu.
 
Poncharal também se disse especialmente orgulhoso da performance de Zarco, que liderou cinco voltas no Catar e ainda cravou a melhor volta na prova que abriu a temporada 2017.
 
“Antes de mais nada, senti um orgulho enorme, e aí dissemos a nós mesmos: ‘Isso é realmente corajoso… e pode realmente terminar mal’. Mas ele não só terminou a primeira volta na frente, como escapou e cravou a melhor volta da corrida! Mesmo depois de um bom teste, isto era inesperado”, comentou Hervé.
 
O chefe do time afirmou que a decepção com a queda de Zarco foi grande, mas destacou a postura do francês ao voltar aos boxes.
 
“A decepção foi enorme antes de Johann voltar aos boxes e nos explicar exatamente o que aconteceu. Ele disse que não caiu porque estava atacando, apesar de muitas pessoas pensarem assim. Ele estava se sentindo bem na moto e tinha uma pequena liderança, então disse a si mesmo: ‘Calma, não corra muitos riscos’. Ao relaxar, ele se desviou ligeiramente para a parte suja da pista na curva dois, e a punição foi imediata”, relatou. “Nós não estamos acostumados a vivenciar esse tipo de momento! Johann me disse: ‘Eu vi que podia andar na frente, competir com pessoas como Rossi, Viñales, Márquez… e vamos fazer isso outra vez’. Raramente vi um piloto voltar com esta atitude, onde ele se desculpou, mas explicou muito claramente o que aconteceu. Ele é uma pessoa muito honesta, com um respeito enorme pelas pessoas ao seu redor e por sua equipe técnica”, elogiou.
 
Após a corrida, Zarco foi bastante elogiado por Maverick Viñales, Andrea Dovizioso e Valentino Rossi, o trio que formou o pódio. Mesmo reconhecendo que o piloto ficou feliz com os comentários dos rivais, Poncharal lembrou que isso também cutucou uma ferida do #5.
 
“Johann ficou muito tocado pelo que Valentino Rossi e os outros pilotos disseram a respeito dele. Nós ficamos muito orgulhosos, mas, de certa forte, ouvi-los dizer que eles não podiam pará-lo também cutuca a ferida um pouco. Pois confirma que tinha uma chance real”, avaliou.
 
Por fim, Hervé falou sobre a expectativa para o GP da Argentina, segunda etapa do Mundial, e prometeu empenho máximo para repetir a boa performance exibida até aqui.
 
“No papel, nós conseguimos uma décima colocação e um abandono no Catar, então queremos fazer melhor. Mas talvez a situação seja menos favorável para nós. A Yamaha nos deu uma moto muito competitiva, e nós queremos provar que o início de Johann no Catar não foi obra do acaso — e nós seremos capazes de repetir isso. Esses jovens pilotos que subiram da Moto2 — e outras equipes independentes — podem impressionar graças ao regulamento criado por MSMA, Dorna, FIM e IRTA”, completou.
 
DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube