Chefe da VR46 elogia 2018 do “maduro” Marini e avalia: “Provou que pode ser um dos caras mais fortes”

Chefe da VR46, Pablo Nieto elogiou a atuação de Luca Marini em 2018, a primeira temporada do #10 na equipe do irmão Valentino Rossi. O dirigente classificou o piloto italiano como “uma pessoa madura” e se mostrou confiante em um bom resultado neste ano

A VR46 abre a temporada 2019 confiante no potencial de Luca Marini. Depois de vencer sua primeira corrida no Mundial de Motovelocidade no ano passado, o #10 vai para o campeonato deste ano com a pressão de ir ainda mais longe.
 
Em entrevista exclusiva ao GRANDE PRÊMIO, Pablo Nieto, chefe do time, lembrou que Luca foi bastante forte nos testes privados feitos em Jerez na semana passada, apesar de o italiano ainda estar se recuperando de uma cirurgia no ombro. 
Luca Marini venceu pela primeira vez na Moto2 no ano passado (Foto: VR46)
Na atividade privada de Jerez, aliás, foi Luca quem cravou o melhor tempo: 1min41s827. O irmão de Valentino Rossi foi só 0s042 melhor que Sam Lowes, que volta para a Gresini neste não. 
 
“Ele é realmente forte e, em Jerez, na última segunda e terça-feira, ele foi extremamente rápido considerando que passou por uma cirurgia no ombro em dezembro”, apontou. “Ele provou que pode ser um dos caras mais fortes”, seguiu.
 
Nieto elogiou, também, a temporada de estreia de Luca com a VR46, a equipe do irmão Valentino Rossi.
 
“Ele fez uma primeira temporada incrível com a VR46 com pódios, poles e uma vitória”, exaltou Nieto ao GP. “Ele pôde mostrar todo seu potencial, porque trabalha incrivelmente duro, é uma pessoa madura e nunca deixa nada ao acaso”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube