Chefe diz que Marc Márquez e Bagnaia formam “melhor dupla da história da Ducati”

Gigi Dall'Igna, da Ducati, afirmou que teve muitas dúvidas até escolher Marc Márquez, mas ressaltou que fez a escolha certa e destacou o conhecimento que o hexacampeão da MotoGP pode levar ao time em 2025

Depois de uma longa novela, a Ducati decidiu anunciar a contratação de Marc Márquez na manhã desta quarta-feira (5). O hexacampeão da MotoGP chega ao time principal da montadora italiana após impressionar nas primeiras corridas pela Gresini e ganhar a confiança dos dirigentes.

Em entrevista à emissora italiana Sky Sport, o diretor Luigi Dall’Igna comentou a chegada de Márquez e disse o que fez escolher o piloto de 31 anos na disputa contra os mais jovens Jorge Martín e Enea Bastianini. O outro titular segue Francesco Bagnaia, atual bicampeão da MotoGP.

“O conhecimento do Márquez pode fazer a diferença na Ducati. Nossa moto alcançou um nível incrível, então o fato de termos pilotos como Márquez e Bagnaia na equipe oficial aumenta nossas chances de ganharmos o título, que é nosso objetivo. Tudo pode acontecer, então a melhor coisa é ter uma dupla capaz de lutar pelo título”, disse o dirigente.

“Nossos rivais se fortaleceram, então vai ser muito mais difícil vencer. Nosso objetivo era manter Martín e Márquez, mas sabíamos que seria difícil e tentamos até o fim. Foi uma decisão complicada, do ponto de vista esportivo e humano, pois nenhum piloto que ser rejeitado. Mudei minha ideia diversas vezes em três dias, mas no fim estou convencido de que o Márquez foi a escolha certa. Temos a melhor dupla da história da Ducati”, acrescentou.

Após longa novela, Marc Márquez foi anunciado pela Ducati para 2025 (Foto: Ducati)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Do ponto de vista do desenvolvimento da moto, não estou preocupado, temos nossa filosofia e não olhamos para um único piloto, mas consideramos todos para a evolução da moto. Márquez já está nos ajudando este ano. O clima na Ducati é maravilhoso, a meta é continuar assim no próximo ano. O Bagnaia já mostrou que é capaz de fazer coisas fantásticas”, completou.

Dall’Igna ainda foi questionado uma possível saída da Pramac. A equipe satélite é a mais antiga cliente da Ducati, mas está em negociações com a Yamaha e se sentiu menosprezada após ser publicamente recusada por Marc Márquez às vésperas do GP da Itália, em Mugello, na última semana.

“O risco [de perder a Pramac] é certamente real, mas seria uma grande decepção para nós. A Pramac e [Paolo] Campinoti estão conosco há muito tempo, fazem parte do nosso sucesso. Tudo ainda será avaliado, mas o problema realmente existe”, destacou.

MotoGP volta a acelerar entre 28 de 30 de junho para o GP dos Países Baixos, em Assen, com a 8ª etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.