Chuva afasta pilotos, e Silva coloca Avintia no topo da tabela de tempos na 2ª sessão livre em Sepang

A chuva que atingiu o circuito de Sepang atrapalhou a realização da segunda sessão de treinos livres para o GP da Malásia. Sem alguns dos principais pilotos na pista, Iván Silva ficou com a melhor marca, à frente de Michele Pirro e Randy De Puniet

A chuva que atingiu o circuito de Sepang no final da segunda sessão de treinos livres da Moto3 também atrapalhou a programação na MotoGP. Com o asfalto longe das condições ideais, a maior parte dos pilotos optou por permanecer nos boxes e foi Iván Silva quem ficou com a melhor marca no segundo treino desta sexta-feira (19).

A primeira parte da sessão foi mais agitada, com parte dos pilotos deixando os boxes para trabalhar no acerto das motos. Com a interrupção da chuva, as condições do asfalto não favoreciam grandes resultados e os competidores optaram por retornar às garagens.

Em crise na Moto3, Blusens Avintia dominou treino na MotoGP (Foto: MotoGP)

Álvaro Bautista comandou parte das atividades, mas assistiu dos boxes enquanto os pilotos das equipes CRT melhoravam seus tempos. Silva anotou o melhor giro em 2min10s602, à frente de Michele Pirro e Randy De Puniet. Roberto Rolfo vem quinto, à frente do protótipo de Karel Abraham.

O piloto da Gresini ficou em sexto, 6s534 atrás de Silva. Valentino Rossi aparece na sequência, acompanhado por Aleix Espargaró e Nicky Hayden. James Ellison, Stefan Bradl, Héctor Barberá e Colin Edwards são os quatro últimos da lista de 13 pilotos que participaram da sessão.

 

Saiba como foi o segundo treino desta sexta:
 
Apesar da chuva que caiu em Sepang, as condições do asfalto não atrasaram os treinos da MotoGP. Tão logo a sessão foi iniciada, os pilotos partiram para a pista, com Rossi se instalando na ponta da tabela de tempos.
 
Bautista logo baixou o tempo do italiano, que reagiu e logo recuperou a ponta. Hayden anotou 2min17s804 e tomou a frente, mas logo foi superado por Álvaro. Valentino também foi mais rápido e assumiu o segundo posto, 0s037 atrás do representante da Gresini. 
Bautista ditou o ritmo de parte da atividade desta sexta (Foto: MotoGP)

Com as condições do asfalto um pouco irregulares, os pilotos voltaram as boxes, apenas com De Puniet rodando. Bautista liderava seguido por Rossi, Hayden, Ellison, Bradl, Abraham. Espargaró, Barberá, Silva, Rolfo e Edwards, os únicos com voltas cronometradas.
 
Faltando pouco menos de 16 minutos para o fim da sessão, Rossi deixou os boxes para Ducati para regressar à pista. Dez minutos mais tarde, Silva assumiu a ponta com 2min14s838, 2s298 à frente de Bautista. O piloto da Blusens Avintia baixou sua marca na sequência, abrindo que 3s de vantagem para o piloto da Gresini.
 
Rolfo também foi mais rápido e assumiu o segundo lugar com 2min15s335. Em seguida foi a vez de De Puniet aparecer na ponta da tabela com 2min12s198. Iván respondeu, baixou para 2min10s920 e recuperou a posição com 1s278 de vantagem.

MotoGP, GP da Malásia, Sepang, 2º Treino Livre:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube