MotoGP

Chuva persiste, e Petrucci coloca Ducati na ponta em segundo treino marcado por nova interrupção

Tal qual aconteceu mais cedo, a bandeira vermelha voltou a tremular em Valência, mas, desta vez, por conta da necessidade de limpar a pista. Em mais um treino sob chuva, Danilo Petrucci colocou a Ducati no topo da tabela, 0s407 à frente de Marc Márquez. Valentino Rossi ficou com o terceiro lugar

Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo
Danilo Petrucci colocou a Ducati na frente na segunda sessão de treinos livres para o GP da Comunidade Valenciana. O #9 cravou 1min41s318 na melhor de suas 14 voltas na tarde desta chuvosa sexta-feira (16) e garantiu com folga o topo da folha de tempos.
 
Assim como aconteceu mais cedo, a sessão foi toda com pista molhada, já que a chuva não vem dando trégua para Cheste. Da mesma forma, o treino desta tarde também foi interrompido em bandeira vermelha, mas, desta vez, fruto da necessidade de limpeza da pista após uma queda de Johann Zarco.
 
Com a piora nas condições, os minutos finais não viram muitas mudanças na tabela e Petrucci garantiu a liderança com 0s407 de vantagem para Márquez. Com 1min42s081, Valentino Rossi ficou com o terceiro tempo.
Danilo Petrucci foi o mais rápido no TL2 (Foto: Pramac)
Já 1s047 atrás de Petrucci, Andrea Iannone colocou a Suzuki na quarta colocação, à frente de Alex e Pol Espargaró, que aparecem separados por só 0s270.
 
Com min42s746, Maverick Viñales fez o sétimo tempo, seguido Scott Redding. Bradley Smith colocou uma segunda KTM no top-10, com Álex Rins aparecendo na sequência.
 
1s932 mais lento que o futuro parceiro de Ducati, Andrea Dovizioso fez o 12º registro, com Jorge Lorenzo aparecendo em 15º.
 
Saiba como foi o segundo treino da MotoGP em Valência:
 
Tal qual aconteceu mais cedo, a chuva seguiu reinando no circuito Ricardo Tormo. Sob uma chuva fina, os pilotos da MotoGP voltaram à pista para encarar um frio de 17°C, com o asfalto chegando a 15°C. A velocidade do vento estava em 5 km/h.
 
Com previsão de chuva para todo o fim de semana, os pilotos não tardaram a entrar na pista, e Zarco foi o primeiro a ocupar o topo da tabela, seguido por Pol Espargaró, Nakagami, Rins e Lüthi. 
 
Ainda nos primeiros minutos da sessão, o #5 sofreu uma queda na curva 12, principal ponto de acidentes ao longo do fim de semana, mas escapou ileso.
 
Enquanto isso, Rins tomou a ponta com 1min46s019, 1s027 melhor que Lüthi, o novo ocupante do segundo posto. Morbidelli vinha em terceiro.
 
E, da mesma forma como aconteceu mais cedo, a sessão foi interrompida em bandeira vermelha com pouco menos de dez minutos de treino. Nesse momento, Rins tinha o topo da tabela, à frente de Pol, Viñales, Redding, Lüthi e Morbidelli.
 
Após cerca de dez minutos de paralisação, a sessão foi retomada e Petrucci logo tomou a ponta ao superar a marca de Rins por 0s450. 
 
Pouco depois, Rossi subiu para segundo, mas caiu para terceiro ao ser superado por Rins por 0s006. Em seguida, porém, Márquez tomou a ponta, mas tampouco ficou por lá, já que Danilo virou 0s042 melhor.
 
Na sétima volta nesta manhã, Rossi alcançou 1min43s223 e assumiu a ponta, abrindo 0s737 de margem para Pol, o segundo colocado. 
 
O trio protagonista seguiu baixando suas marcas e, no fim, foi Petrucci quem ficou com a ponta, 0s407 melhor que Márquez. Rossi, Iannone, Aleix e Pol vinham em seguida. 
 
Com pouco mais de 15 minutos para o fim da sessão, Xavier Siméon sofreu a segunda queda do dia ao escorregar na curva 12. O belga, que tinha o décimo tempo, deixou a pista visivelmente com dores.
 
Instantes mais tarde, Stefan Bradl caiu no mesmo ponto do traçado valenciano, mas conseguiu escapar sem maiores lesões.
 
Por conta da chuva que caiu ao longo de todo o dia, a posta estava bastante traiçoeira. Terceiro na tabela, Rossi também deu uma bela chacoalhada, mas conseguiu evitar o tombo.
 
Com a piora nas condições, ninguém mais conseguiu melhorar os tempos. A liderança ficou com Petrucci, com Márquez e Rossi completando top-3.

Moto2 2018, GP da Comunidade Valenciana, Cheste, 2º Treino Livre:

1 D PETRUCCI Pramac Ducati 1:41.318  
2 M MÁRQUEZ Honda 1:41.725 +0.407
3 V ROSSI Yamaha 1:42.081 +0.763
4 A IANNONE Suzuki 1:42.365 +1.047
5 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:42.385 +1.067
6 P ESPARGARÓ KTM 1:42.655 +1.337
7 M VIÑALES Yamaha 1:42.746  
8 S REDDING Aprilia Gresini 1:42.857 +1.539
9 B SMITH KTM 1:43.009 +1.691
10 A RINS Suzuki 1:43.051 +1.733
11 X SIMEÓN Avintia Ducati 1:43.113 +1.795
12 A DOVIZIOSO Ducati 1:43.250 +1.932
13 J MILLER Pramac Ducati 1:43.409 +2.091
14 H SYAHRIN Tech3 Yamaha 1:43.727 +2.409
15 J LORENZO Ducati 1:43.798 +2.480
16 A BAUTISTA Ángel Nieto Ducati 1:43.844 +2.526
17 T NAKAGAMI LCR Honda 1:43.846 +2.528
18 F MORBIDELLI Marc VDS Honda 1:43.854 +2.536
19 T LÜTHI Marc VDS Honda 1:43.858 +2.540
20 J ZARCO Tech3 Yamaha 1:44.261 +2.943
21 M PIRRO Ducati 1:44.681 +3.363
22 S BRADL LCR Honda 1:44.732 +3.414
23 K ABRAHAM Ángel Nieto Ducati 1:45.260 +3.942
24 D PEDROSA Honda 1:45.401 +4.083
25 J TORRES Avintia Ducati 1:45.975 +4.657
         
REC J LORENZO Yamaha 1:31.171 158.1  km/h
MV J LORENZO Yamaha 1:29.401 161.2 km/h
         
  Condições do tempo PISTA MOLHADA   ar: 17ºC | pista: 15ºC