Cirurgia no ombro de Spies é bem sucedida nos EUA e recuperação deve levar de dez a 12 semanas

Ben Spies passou por uma bem sucedida cirurgia no ombro nesta terça-feira (25). O procedimento foi realizado sob o comando do médico Maury Harwood em um hospital na Califórnia. A recuperação deve levar de dez a 12 semanas

Ben Spies passou por uma cirurgia no ombro direito nesta terça-feira (25). A fratura veio em decorrência do tombo que levou durante o GP da Malásia, disputado debaixo de muita chuva no último domingo. O norte-americano da Yamaha ainda teve lesões na costela e sofreu contusões nos pulmões por conta do sério acidente. O procedimento cirúrgico aconteceu nos EUA, no Centro Nacional de Cirurgia, hospital localizado próximo a cidade de San Jose, no estado da Califórnia.

A corrida em Sepang foi marcada por vários incidentes, incluindo a queda de Spies, por conta do asfalto muito molhado. Quando restavam nove voltas para o fim da corrida, a chuva aumentou e vários pilotos começaram a cair, quando Jorge Lorenzo, então na segunda posição, sinalizou que não havia condição de continuar com a prova. A direção da MotoGP atacou o colega de equipe de Spies e decretou bandeira vermelha, para, em seguida, encerrar o GP.  
Spies fraturou o ombro na Malásia (Foto: Yamaha)

De acordo com a mãe do piloto, Mary Spies, a cirurgia, comandada pelo médico Maury Harwood, durou 90 minutos e foi bem sucedida. "Ben tinha uma fixação na clavícula do lado direito", disse Mary. "Ele pegaram uma placa de titânio que o doutor Kieffer fez há dez ou 12 anos e a usaram novamente. A equipe médica ficou surpresa, pois a clavícula estava 'muita solta'. Por isso, tiveram de fazer um enxerto com tecidos de um cadáver", explicou.

"Segundo o médico, Ben vai voltar ainda mais forte, de modo que é uma boa notícia. Só que a recuperação deve levar em torno de dez a 12 semanas", acrescentou.

Com isso, o piloto, que já vai perder os últimos GPs do ano, que serão disputados na Austrália, neste fim de semana, e na Espanha, no dia 11 de novembro, também ficará de fora dos testes pós-temporada, que estão marcados para Valência, logo depois da etapa final do campeonato. 

Spies, como se sabe, deixa a Yamaha e, para 2013, vai defender a satélite Pramac. Mas 2012 tem sido um ano bastante complicado para o norte-americano, que sofreu com problemas mecânicos na moto de número 11, além de várias quedas. Ao todo, foram 18 acidentes nesta temporada. No campeonato, Ben é apenas o décimo colocado no Mundial, com 88 pontos. 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube