Com lesões graves após queda no circuito de Sepang, Spies vai operar e está fora do GP da Austrália

Piloto americano caiu, mas só os testes desta segunda-feira (22) mostraram a gravidade das lesões e a necessidade de passar por cirurgia. Ele ainda não sabe se vai disputar a próxima etapa do campeonato, em Valência, na Espanha

Fazendo suas últimas provas pela Yamaha, já que está acertado com a Pramac para 2013, Ben Spies não vai participar do GP da Austrália, que acontece neste final de semana. Durante a corrida realizada na Malásia, o piloto americano caiu e acabou abandonando a corrida. A primeira avaliação não mostrou a gravidade da lesão, mas um exame mais profundo mostrou a necessidade de uma cirurgia – ele saiu com uma costela quebrada, o ombro lesionado e lesões no pulmão.

O piloto lamentou muito o acontecimento e espera que o tratamento resolva todos os problemas antes da última prova da temporada, que acontece em Valência, na Espanha. “Estou sem palavras. Tivemos uma temporada difícil, com muita má sorte. Nós demos 100% na pista e era nossa intenção fazer isso em Phillip Island”, disse o piloto, visivelmente desapontado.

Spies não vai disputar o GP da Austrália e vai ter que passar por cirurgia ainda nesta semana (Foto: Yamaha)

“Bati muito forte no domingo e os testes de hoje mostraram que tenho algumas lesões que necessitam de atenção imediata. É decepcionante voltar aos Estados Unidos ao invés de ir para Phillip Island, mas é importante começar logo o tratamento”, explicou.

Ele de desculpou pelo ano ruim e elogiou o trabalho da Yamaha ao longo de todo campeonato. “Sinto muito pela minha equipe e agradeço por todo trabalho duro que eles colocaram na moto ao longo da temporada. Nossa situação atual não é onde deveríamos estar”, finalizou.

Spies volta nesta terça-feira (23) para o Texas, sua terra natal, para começar o tratamento. Não existe uma data para o retorno e não se sabe se ele vai participar da última prova do campeonato. A Yamaha terá apenas Jorge Lorenzo, líder do campeonato, na corrida australiana.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube