Com tranquilidade, Kent sobra em Sachsenring e dita ritmo no primeiro treino da Moto3. Oliveira cai e tem fratura na mão

Sem nenhuma dificuldade, Danny Kent sobrou na primeira sessão de treinos livres da Moto3 na Alemanha e ditou o ritmo com 0s640 de vantagem para Fabio Quartararo, o segundo colocado. Miguel Oliveira sofreu uma queda ainda nos primeiros minutos da sessão e vai voltar para Portugal ainda nesta sexta-feira (10) para operar uma uma fratura na mão esquerda

A cobertura completa do GP da Alemanha no GRANDE PRÊMIO

 Danny Kent abriu os trabalhos na Alemanha em grande forma. Líder do Mundial, o britânico não deu chances à concorrência nesta sexta-feira (10) e liderou com folga a primeira sessão de treinos livres da Moto3 em Sachsenring.
 
Com seu melhor giro em 1min27s026, Kent ficou com a liderança da sessão, 0s640 à frente de Fabio Quartararo, que melhorou bastante nos giros finais para assegurar o segundo posto. 0s220 mais lento que o piloto da Estrella Galicia 0,0, Enea Bastianini ficou com o terceiro posto.
Danny Kent foi o mais rápido no primeiro treino da Moto3 na Alemanha (Foto: Divulgação/MotoGP)
Éfren Vázquez cravou 1min27s993 e, com o quarto posto, foi o último a aparecer no mesmo segundo do líder. Romano Fenati sofreu uma queda na sessão e não conseguiu passar de 1min28s180, ficando com o quinto tempo.
 
1s309 mais lento que Kent, Brad Binder aparece na sexta colocação, seguido por Jakub Kornfeil e Niccolò Antonelli. Andrea Locatelli e Isaac Viñales completam o rol dos dez mais rápidos.
 
Ainda nos primeiros minutos da sessão, Miguel Oliveira sofreu uma forte queda na curva 2 de Sachsenring e foi diagnosticado com uma fratura na mão esquerda. O piloto da Red Bull KTM Ajo agora vai voltar para Portugal para passar por uma cirurgia ainda hoje.
 
Saiba como foi o primeiro treino da Moto3 em Sachsenring:
 
A sexta-feira em Chemnitz não começou com a temperatura nas alturas, mas tinha sol e céu claro. No início dos treinos, os termômetros indicavam 13,9°C, com a pista alcançando os 19,3°C.
 
Miguel Oliveira começou a sessão na ponta, seguido por Romano Fenati e Brad Binder. O piloto da KTM logo baixou sua marca, mas viu Danny Kent virar 1miin28s339 e tomar a ponta, abrindo 0s258 de vantagem.
 
Pouco depois, o titular da Red Bull KTM Ajo foi ejetado da moto na curva 2 de Sachsenring e sofreu um forte impacto ao cair no chão. O português precisou de alguns instantes para se recuperar, mas deixou a pista caminhando para receber a atenção da equipe médica.
 
Com 1min28s267, Éfren Vázquez assumiu o comando do treino, abrindo 0s072 de vantagem para Kent. Oliveira vinha em terceiro, à frente de Fenati e Binder.
 
Líder do Mundial, Kent não tardou em recuperar a ponta, batendo a marca do companheiro de Kiefer por 0s345. Em seguida, Fenati saltou para o segundo posto, se instalando a 0s258 do #52.
 
Com a primeira parte da sessão completa, os pilotos seguiram para os boxes para os primeiros ajustes. Kent tinha a ponta da tabela, com Fenati, Vázquez, Oliveira, Binder, Enea Bastianini, Jorge Martín, Philipp Oettl, Francesco Bagnaia e Niccolò Antonelli fechando o top-10.
 
De volta à pista, Jules Danilo escorregou na curva 12 e caiu, mas apenas deslizou na longa área de escape. O piloto francês escapou do tombo sem maiores problemas.
 
Pouco depois, o wild-card Maximilian Kappler registrou uma cena um tanto atípica. O alemão precisou parar após perder a corrente da NSF250RW da Kiefer. A peça logo foi retirada pelos fiscais e não causou maiores problema.
Miguel Oliveira teve uma fratura na mão e vai precisar de cirurgia (Foto: Red Bull KTM Ajo)
Falando em fiscais, Fenati deu um certo trabalho ao time de Sachsenring. O piloto da VR46 sofreu uma queda na curva 1 e destruiu a carenagem da RC250GP. Apesar do dano cosmético à KTM, o italiano queria voltar com a moto para a pista para poder ir para os boxes, mas os funcionários do circuito queriam enviá-lo para a pista de acesso. De tanto insistir, Romano conseguiu retornar à pista, mas teve de se virar sozinho.
 
Líder da sessão, Kent anotou 1min27s922 e manteve a ponta, 0s258 à frente de Fenati, que vinha em segundo. Vázquez tinha a terceira marca, à frente de Brad Binder e Karel Hanika.
 
Depois de uma segunda e última passagem pelos boxes, Kent baixou seu tempo de volta para 1min27s574, abrindo 0s606 de vantagem para Fenati, que vinha voltando para a posta após um trabalho rápido da VR46.
 
0s419 mais lento que o companheiro de Kiefer, Vázquez assumiu o segundo posto, 0s134 à frente de Enea Bastianini, que pulou para a terceira colocação.
 
Com 1min27s666, Fabio Quartararo tomou o segundo posto, 0s609 atrás do líder, que tinha acabado de melhorar sua marca ainda mais.
 
Já nos segundos finais, Jorge Martín sofreu uma forte queda, mas escapou ileso. Pouco depois, o wild-card Jonas Geitner também caiu, mas não se feriu com gravidade.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Sachsenring, Kent baixou sua marca para 1min27s026 e garantiu a liderança da sessão com 0s640 de vantagem para Quartararo. Bastianini fecha o top-3.

Moto3, GP da Alemanha, Sachsenring, 1º Treino Livre:

 
1
52
DANNY KENT
ING
KIEFER Honda
1:27.026
 
2
20
FABIO QUARTARARO
FRA
ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda
1:27.666
+0.640
3
33
ENEA BASTIANINI
ITA
GRESINI Honda
1:27.886
+0.860
4
7
ÉFREN VÁZQUEZ
ESP
KIEFER Honda
1:27.993
+0.967
5
5
ROMANO FENATI
ITA
VR46 KTM
1:28.180
+1.154
6
41
BRAD BINDER
RSA
RED BULL KTM AJO
1:28.335
+1.309
7
84
JAKUB KORNFEIL
TCH
SEPANG KTM
1:28.425
+1.399
8
23
NICCOLÒ ANTONELLI
ITA
ONGETTA Honda
1:28.448
+1.422
9
55
ANDREA LOCATELLI
ITA
GRESINI Honda
1:28.459
+1.433
10
32
ISAAC VIÑALES
ESP
HUSQVARNA LAGLISSE
1:28.488
+1.462
11
58
JUANFRAN GUEVARA
ESP
ASPAR Mahindra
1:28.497
+1.471
12
98
KAREL HANIKA
TCH
RED BULL KTM AJO
1:28.503
+1.477
13
10
ALEXIS MASBOU
FRA
RTG Honda
1:28.516
+1.490
14
9
JORGE NAVARRO
ESP
ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda
1:28.593
+1.567
15
44
MIGUEL OLIVEIRA
POR
RED BULL KTM AJO
1:28.597
+1.571
16
21
FRANCESCO BAGNAIA
ITA
ASPAR Mahindra
1:28.620
+1.594
17
11
LIVIO LOI
BEL
RW Kalex KTM
1:28.938
+1.912
18
31
NIKLAS AJO
FIN
RBA KTM
1:28.951
+1.925
19
65
PHILIPP OETTL
ALE
SCHEDL GP KTM
1:28.960
+1.934
20
88
JORGE MARTÍN
ESP
ASPAR Mahindra
1:29.056
+2.030
21
63
ZULFAHMI KHAIRUDDIN
MAL
SEPANG KTM
1:29.083
+2.057
22
16
ANDREA MIGNO
ITA
VR46 KTM
1:29.116
+2.090
23
17
JOHN McPHEE
ING
RTG Honda
1:29.146
+2.120
24
40
DARRYN BINDER
RSA
AMBROGIO Mahindra
1:29.177
+2.151
25
19
ALESSANDRO TONUCCI
ITA
AMBROGIO  Mahindra
1:29.240
+2.214
26
76
HIROKI ONO
JAP
KIEFER Honda
1:29.249
+2.223
27
95
JULES DANILO
FRA
ONGETTA Honda
1:29.306
+2.280
28
24
TATSUKI SUZUKI
JAP
CIP Mahindra
1:29.351
+2.325
29
12
MATTEO FERRARI
ITA
TEAM ITALIA Mahindra
1:29.446
+2.420
30
2
REMY GARDNER
AUS
CIP Mahindra
1:29.500
+2.474
31
22
ANA CARRASCO
ESP
RBA KTM
1:29.554
+2.528
32
29
STEFANO MANZI
ITA
TEAM ITALIA Mahindra
1:29.702
+2.676
33
6
MARÍA HERRERA
ESP
HUSQVARNA LAGLISSE
1:29.976
+2.950
34
45
JONAS GEITNER
ALE
FREUDENBERG KTM
1:30.990
+3.964
35
91
GABRIEL RODRIGO
ARG
RBA KTM
1:31.159
+4.133
36
97
MAXIMILIAN KAPPLER
ALE
RTG Honda
1:31.984
+4.958
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
BRAD BINDER
RSA
AMBROGIO Mahindra
1:26.877
152.1 km/h
MELHOR VOLTA
JACK MILLER
AUS
RED BULL KTM AJO
1:26.767
152.3 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 13ºC | pista: 19ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube