Confiante para prova do Catar, Iannone lamenta dia de teste perdido com chuva, mas frisa: “É uma pista positiva para mim”

Andrea Iannone lamentou o dia de testes perdido com a chuva em Losail e explicou que a Ducati ainda tinha algumas coisas para testar com a GP15. Ainda assim, italiano se disse confiante para o GP do Catar

Assim como Andrea Dovizioso, Andrea Iannone não esconde a alegria com o desempenho da GP15. Mesmo satisfeito com a performance do time em Losail, o #29 não deixa de lamentar o tempo de pista perdido com a chuva, mas ainda assim se diz confiante para o GP do Catar.
 
No teste coletivo de Losail, Dovizioso colocou a Ducati no topo da tabela de tempos, 0s184 à frente de Marc Márquez, o segundo colocado. 0s197 atrás do companheiro de equipe, Iannone cravou a terceira melhor marca.
Andrea Iannone lembrou que tem um bom histórico na pista de Losail (Foto: Ducati)
“Estou feliz com a forma como o teste correu em Losail na semana passada e com o trabalho que fizemos”, comentou Andrea. “Foi uma pena não podermos testar no último dia, porque ainda precisávamos trabalhar um pouco mais na GP15. De qualquer forma, a partir da noite de quinta-feira nós vamos tentar resolver as coisas da melhor forma possível e eu me sinto confiante para a corrida”, seguiu. 
 
Além da animação com o bom desempenho da Desmosedici, Iannone ressaltou seu bom histórico na pista catari. Em 2009, o italiano venceu a prova das 125cc. Em 2011 e 2012, Andrea ficou com o segundo posto nas provas da Moto2. Na categoria rainha, o piloto tem um nono e um décimo posto no traçado de Losail. 
 
“Na minha opinião, esta é uma ótima pista e correr a noite é sempre especial”, declarou. “Eu gosto muito de Losail: venci aqui no passado e fiz alguns outros pódios, então, com certeza, é uma pista positiva para mim”, concluiu.
F1S2015E02

Em Melbourne, a F1 teve de acompanhar o caso que envolveu Giedo van der Garde contra a Sauber antes das atividades em pista. Agora em Sepang, os holofotes se voltam para a salinha médica da FIA, onde serão avaliados Fernando Alonso e Valtteri Bottas, ausentes na primeira etapa do campeonato. É como se a categoria se transformasse em uma série de TV. De ‘Law and Order’, com promotores de justiça às pencas, a ‘ER’, com o drama médico

 (Foto: Getty Images)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube