Cortese bate Kent e fatura pole na Moto3 em treino marcado por forte queda de Faubel em Indianápolis

Sandro Cortese bateu Danny Kent e garantiu a pole-position para etapa de Indianápolis da Moto3. Treino foi marcado por um forte acidente de Hector Faubel, que foi transferido para um hospital local reclamando de dores no peito e nas costas

A sessão que definiu o grid de largada para o GP de Indianápolis de Moto3 viu um número atípico de quedas, principalmente na entrada da reta do lendário circuito. O treino foi interrompido em duas ocasiões: uma no início e outra a 23s do fim. A última interrupção garantiu a pole-position de Sandro Cortese, já que a marca registrada por Éfren Vázquez não foi validada por ter sido computada após a sinalização da direção de prova.

Cortese bateu Danny Kent nos últimos minutos do exercício e conquistou o lugar de honra do grid por uma diferença de 0s083. A terceira colocação ficou com Maverick Viñales.
 

Bandeira vermelha garantiu pole de Cortese em Indianápolis (Foto: MotoGP)


O treino ficou marcado por uma forte queda na de Hector Faubel nos primeiros minutos da sessão. O piloto da Aspar, que causou a primeira bandeira vermelha, foi atendido ainda na pista e depois de ser avaliado no centro médico do circuito, foi levado ao Hospital Metodista de Indianápolis onde passará por exames mais detalhados, já que reclama de dores nas costas e no peito.

A sessão também viu outras quedas, com o australiano Jack Miller saindo de um acidente com uma fratura na clavícula esquerda. Álex Márquez, irmão mais novo de Marc Márquez, sofreu três acidentes durante o treino, motivando a última interrupção da atividade após ser ejetado da moto na entrada da reta.

Luis Salom abre a segunda fila, seguido por ZulFahmi Khairuddin e Álex Rins. Vázquez vai largar em sétimo, com Romano Fenati em oitavo e Alberto Moncayo em nono. Jakub Kornfeil completa a lista dos dez primeiros.

Saiba como foi o treino classificatório deste sábado:

Oliveira começou o treino na ponta com 1min50s374, mas logo teve seu tempo batido por Cortese, que assumiu a liderança com 0s277 de vantagem. Márquez também foi mais rápido e assumiu a segunda colocação, à frente de Miguel.

Com menos de dez minutos de sessão, Faubel foi arremessado de sua moto no inicio da reta de Indianápolis, provocando uma interrupção com bandeira vermelha, já que o piloto precisou da ajuda dos médicos para deixar a pista. O piloto da Aspar, que reclamava de dores no peito, recebeu atendimento médico na pista antes de ser transferido para o centro médico do circuito.

Quase dez minutos mais tarde, os pilotos foram autorizados a deixar os boxes e reiniciar a sessão classificatória. Com 1min49s986, Brad Binder subiu para o segundo posto, com Folger assumindo a quarta colocação.

Não demorou, Viñales assumiu a ponta, seguido por Moncayo e Alessandro Tonucci. Na sequência, Jack Miller caiu na curva 2 de Indianápolis e teve sua moto atingida por Adrian Martin, que também se acidentou. Atendido no centro médico, o piloto australiano foi diagnosticado com uma fratura na clavícula esquerda.

Moncayo conseguiu tomar a ponta, mas Viñales deu o troco e recuperou a pole provisória. Salom, então, anotou 1min48s990 e assumiu a liderança com 0s064 de vantagem para Maverick.

Em 16º na tabela de tempos, Márquez sofreu uma queda na curva 15, mas não se feriu e retornou sozinho aos boxes da Ambrogio.

Kent cravou 1min48s703 e passou a ocupar a primeira colocação, à frente de Salom, Viñales, Moncayo, Khairuddin, Folger, Cortese, Vázquez, Rins e Tonucci.

Sandro logo conseguiu aumentar o ritmo e subiu para a quarta colocação, 0s673 atrás do tempo da pole provisória. No giro seguinte, o germânico foi ainda mais rápido, chegando ao segundo posto, 0s247 atrás do companheiro de Red Bull KTM Ajo.

Com menos de 20 minutos para o fim, Márquez sofreu uma nova queda na entrada da reta de Indianápolis. O jovem espanhol perdeu a traseira da Suter e caiu, mas não se machucou. No mesmo ponto, Oliveira também se acidentou, mas, assim com o irmão de Marc, não se feriu.

Após uma rápida parada nos boxes da Red Bull KTM Ajo, Kent voltou à pista e melhorou sua volta em 0s075, abrindo 0s322 de vantagem para Cortese.

Nos dez minutos finais da sessão, Niccolò Antonelli e Danny Webb também sofreram quedas. Com dois minutos para o fim, Cortese assumiu a ponta ao anotar 1min48s545. Viñales também foi mais rápido e subiu para a terceira posição.

Nos instantes finais, uma terceira queda de Márquez provocou uma bandeira vermelha na sessão com 23s para o fim da atividade. Éfren Vázquez tinha feito uma volta que o colocava na pole, mas o tempo não foi computado já que a bandeira já havia sido mostrada no circuito.

Moto3, GP de Indianápolis, Indianápolis, Grid de Largada:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube