Cortese insiste, segura Viñales e domina segundo treino da Moto3 no circuito de Indianápolis

Sandro Cortese soube reagir nos momentos necessários e conseguiu contornar as tentativas de Maverick Viñales de marcar a melhor volta do segundo treino livre desta sexta-feira (17). Germânico completou atividade com 1min49s307, 0s126 à frente de Danny Kent. Miguel Oliveira ficou com a terceira marca

Líder do Mundial, Sandro Cortese exibiu sua força na tarde desta sexta-feira (17) ao liderar o segundo treino livre para o GP de Indianápolis de Moto3. O germânico apareceu na ponta da tabela ainda na fase inicial da sessão, mas perdeu a liderança para Maverick Viñales algumas vezes.

O piloto da Red Bull KTM Ajo conseguiu reagir e se manteve à frente do rival da Blusens. Já com o cronometro zerado, Danny Kent e Miguel Oliveira cravaram suas melhores voltas, passando à frente de Viñales, que ficou com o quarto posto.
 

Líder da Moto3, Cortese dominou segundo treino em Indianápolis (Foto: MotoGP)


Luis Salom foi o quinto mais rápido, seguido por Álex Rins e Jonas Folger. Hector Faubel anotou 1min50s368 e ficou com o oitavo tempo. Louis Rossi e Adrian Martin completam a lista dos dez primeiros colocados.

Saiba como foi o segundo treino desta sexta:

Folger foi o primeiro a aparecer na ponta da tabela de tempos no segundo exercício desta sexta-feira. O germânico anotou 1min52s714, mas logo perdeu a posição para os tradicionais ponteiros da Moto3.

Colocando ordem na casa, Vázquez assumiu o primeiro posto ao anotar 1min51s708, 0s211 à frente de Cortese. Romano Fenati vinha em terceiro, seguido por Folger, Oliveira, Jasper Iwema, Salom, Viñales e Niccolò Antonelli, que sofreu uma queda nos primeiros minutos da sessão, assim como Niklas Ajo.

Cortese e Faubel logo conseguiram bater o tempo de Vázquez, com o piloto da Aspar assumindo a ponta com 0s220 de diferença para o rival germânico.

Viñales também baixou seu tempo de volta, subindo para o segundo lugar. Com 1min50s501, Cortese assumiu a liderança, impondo 0s967 de vantagem para Faubel. Maverick vinha em terceiro, seguido por Danny Kent, Brad Binder e Vázquez.

Não demorou, o piloto da Blusens reagiu, anotou 1min51s137 e assumiu o segundo lugar 0s636 atrás da marca de Sandro. Moncayo tinha a terceira colocação, seguido por Faubel, Kornfeil, Vázquez, Kent, Binder, Oliveira e Salom. Na sequência, Khairrudin cravou 1min51s198 e pulou para o terceiro lugar à frente de Moncayo, Kent e Faubel.

Se os primeiros minutos da sessão foram bastante movimentados na ponta da tabela, o mesmo não se pode dizer da parte intermediária da sessão. Cortese tinha larga vantagem na ponta e os adversários demoraram a encontrar um ritmo para acompanhá-lo.

Em seu primeiro fim de semana pela Ambrogio, Álex Márquez mostrou um desempenho discreto, aparecendo na 17ª colocação com pouco mais de dez minutos para o fim da atividade.

Quando o cronometro se aproximava da barreira de dez minutos para o fim da sessão, Viñales abriu uma volta rápida, baixando os tempos de Cortese nos três primeiros setores da pista de Indianápolis. Apesar do bom ritmo, o espanhol perdeu tempo na parte final do traçado, registrando 1min50s735 e levando a diferença para Sandro para 0s234.

Maverick não desistiu e abriu um novo giro. O espanhol, então, rompeu a barreira de 1min49, se instalando na liderança do exercício. Na sequência, foi a vez de Kent bater o tempo do companheiro de Red Bull KTM Ajo. O britânico cravou 1min50s042, baixando o tempo de Sandro em 0s459.

Após uma breve passagem pelos boxes, Cortese voltou à pista para cravar 1min49s821 e retomar a liderança. O germânico, no entanto, mal teve tempo para respirar e foi derrubado para primeira posição por Viñales, que marcou seu tempo em 1min49s694.

Cortese insistiu, baixou para 1mmin49s624 e recuperou o primeiro posto, baixando sua marca na sequência. Quem também foi mais rápido foi Miguel Oliveira que subiu à terceira colocação com pouco mais de três minutos para o fim da atividade.

Em seu último giro, o piloto português anotou 1min49s596 e subiu para o segundo posto, sendo batido por Kent segundos depois.

Moto3, GP de Indianápolis, Indianápolis, 2º Treino Livre:
 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube