Crutchlow assina contrato de dois anos com Honda e permanece na LCR até temporada 2019 da MotoGP

Cal Crutchlow fechou um contrato de dois anos com a HRC e vai seguir na LCR até a temporada 2019 da MotoGP. Equipe de Lucio Cecchinello também renovou sua parceria técnica com a fábrica da asa dourada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Cal Crutchlow tem o futuro assegurado na MotoGP até a temporada 2019. Nesta quarta-feira (21), a LCR anunciou que o britânico assinou um contrato de dois anos com a HRC, garantindo sua permanência no time por, pelo menos, mais dois campeonatos.
 
Até aqui, Crutchlow era contratado diretamente pela LCR, mas ganhou importância na Honda desde o fim do ano passado, quando começou a testar peças desenvolvidas pela montadora ao lado de Marc Márquez e Dani Pedrosa. Desde que passou a defender a escuderia de Lucio Cecchinello, Cal conquistou duas vitórias, dois segundos lugares e dois terceiros.
 
Além do acerto com o britânico, a LCR também renovou pelo período de dois anos sua parceria técnica com a HRC.
Cal Crutchlow passa a ser contratado direto pela LCR a partir de 2018 (Foto: LCR)
“Estou muito feliz em confirmar que vou guiar pela HRC com a LCR mais uma vez por mais duas temporadas”, disse Crutchlow. “Nós trabalhamos extremamente duro nas últimas três temporadas e estou confiante de que vamos aproveitar mais grandes resultados juntos”, continuou.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Eu gostaria de agradecer a HRC pelo grande apoio que oferecem a mim e ao nosso time, e estou ansioso para dar 100% neste projeto como sempre”, concluiu.
 
Diretor da HRC, Tetsuhiro Kuwata confirmou que a relação entre Crutchlow, Honda e LCR foi “elevada” para 2018 e 2019.
 
“Nós estamos muito felizes por continuar trabalhando com a LCR e com Cal pelas próximas duas temporadas”, afirmou Kuwata. “Nós realmente apreciamos o trabalho que eles estão fazendo, e decidimos confirmar nosso relacionamento e até mesmo elevá-lo ao ter Cal contratado diretamente com a HRC”, justificou.
 
“Desejamos a Cal e Lucio todo o melhor pelo restante desta temporada e para as seguintes”, completou.
 
Chefe da LCR, Cecchinello exaltou o britânico e aproveitou para agradecer o apoio da HRC.
 
“Cal é, sem dúvida, uma dos mais competitivos e talentosos pilotos da MotoGP, e, graças ao apoio da HRC, estamos honrados por trabalhar com ele outra vez pelos próximos dois anos”, celebrou. “Cal nos deu nossa primeira vitória na classe rainha da MotoGP e outros importantes resultados. Quero agradecer todos aqueles que trabalharam e apoiaram esse projeto até aqui, primeiro e mais importante, a HRC”, encerrou.
 
Único entre os pilotos da marca japonesa a ter guiado outras motos — Yamaha e Ducati, no caso —, Crutchlow ganhou especial importância no desenvolvimento da RC213V e atualmente conta com uma moto com especificações similares à de Márquez e Pedrosa. Contratado pela HRC na Marc VDS, Jack Miller é o próximo da fila no que diz respeito a atualizações.
 
A LCR é a única equipe do grid com um único piloto, mas muitos rumores apontam para um possível aumento de estrutura, com Takaaki Nakagami especulado como candidato à vaga.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube