De cogitar aposentadoria ao sonho da vitória: chefe da Tech3 tem dia inesquecível na Áustria

Hervé Poncharal dedicou a vitória no GP da Estíria a Miguel Oliveira, já que considera que o português teve um ano difícil na estreia na MotoGP. O dirigente exaltou o empenho e a paixão da KTM e destacou a evolução da RC16

Hervé Poncharal viveu um dia de extremos no GP da Estíria. A manhã de domingo (23) começou com um revés na Moto3, com as quedas de Ayumu Sasaki e Deniz Öncü em um mesmo acidente, mas melhorou consideravelmente com a vitória de Miguel Oliveira na MotoGP, a primeira da Tech3 na MotoGP.

“Que dia incrível, que emoção incrível!”, resumiu Poncharal. “Tem uns 40 anos que estamos neste negócio e nunca vencemos uma corrida da MotoGP. Honestamente, pensei que nunca aconteceria e hoje o nosso sonho se tornou realidade. Aqui na Áustria, que é a casa do nosso patrocinador principal, a Red Bull, diante da gestão da KTM, nossa fábrica”, seguiu.

Após o primeiro triunfo da carreira de Miguel, Poncharal contou que chegou a cogitar aposentadoria após o acidente da classe menor.

Miguel Oliveira comemorou com Hervé Poncharal ao fim da corrida (Foto: Divulgação/MotoGP)

“Para ser sincero, esta manhã eu estava tão abatido quando vi nossos dois pilotos da Moto3, que colidiram quando estavam no caminho do pódio, que pensei que talvez fosse hora de eu me aposentar, pois quando você está profundamente envolvido, fiquei muito, muito triste com isso”, recordou. “Mas agora sou quase o homem mais feliz do mundo. Só as corridas podem dar essas emoções”, comentou.

O francês, que passou 20 anos ligado à Yamaha, exaltou a paixão da KTM e agradeceu à toda a cúpula da fábrica austríaca pelo trabalho no projeto da MotoGP.

“Quero agradecer Red Bull e KTM, sem as quais isso teria sido impossível. E também quero dedicar essa vitória a Miguel, pois ele lutou bastante. O primeiro ano não foi fácil, ele estava machucado na segunda parte da temporada. Fomos rápidos desde o início do ano, a moto melhorou, ele melhorou, mas nunca conseguimos realmente mostrar isso por causa de algumas circunstâncias de corrida, mas eu sabia que ele era capaz. Agora nós conseguimos”, declarou. “Estou orgulhoso por ver duas KTM no pódio. Claramente, esta agora é uma das motos a serem batidas. Fizemos um trabalho incrível na fábrica, os engenheiros, a equipe de testes com Dani Pedrosa, nossos quatro pilotos ajudaram muito e, claro, gostaria de agradecer Stefan Pierer, Hubert Trunkenpolz, Pit Beirer, Mike Leitner e Jens Hainbach, sem os quais isso teria sido impossível”, reconheceu.

“Não é só o fato de termos vencido. Vencemos com essas pessoas por trás. É um grupo incrível. Já trabalhei com fábricas diferentes, mas esta é mais do que especial. Eles dizem que estão prontos para correr e isso não é apenas um slogan, mas a realidade. Tem um envolvimento muito grande, uma paixão pelas corridas, e isso é contagiante”, descreveu.

Por fim, Hervé aproveitou para exaltar a atuação do novato Iker Lecuona, que recebeu a bandeirada em décimo, garantindo a presença das quatro RC16 no top-10.

“Vamos celebrar essa noite, torcer para termos outros dias empolgantes como este, mas hoje quero agradecer a Miguel e Iker, que também fez uma ótima corrida. Também quero parabenizá-lo, pois também é inacreditável o que ele fez até aqui como um novato. Ele está crescendo de um jeito que eu não esperava”, admitiu. “Obrigado à toda a equipe, a todos os times, da Moto3, do departamento de comunicação, obrigado a todo mundo! Vamos para casa descansar e totalmente motivados para fazer algo ótimo na Itália”, encerrou.

As imagens do GP da Estíria de MotoGP deste domingo no Red Bull Ring

O momento que Oliveira aproveitou o erro da dupla (Foto: Red Bull Content Pool)
Paddockast #75 | Thiago Camilo, maior vencedor da Corrida do Milhão
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube