Diretor da Ducati fala muito e deixa escapar data de anúncio para parceria com VR46

Paolo Ciabatti, diretor-esportivo da Ducati, falou mais do que deveria em entrevista e deixou escapar que a parceria da montadora italiana com a VR46 vai ser divulgada na próxima quarta-feira, dia 23 de junho

Aleix Espargaró colocou a Aprilia pela primeira vez na primeira fila em 21 anos de classe rainha (Vídeo: MotoGP)

O acordo entre VR46 e Ducati está próximo dos detalhes finais. Claudio Domenicali, diretor-executivo da casa de Borgo Panigale está presente em Sachsenring, palco do GP da Alemanha neste fim de semana, para acompanhar o time e também acertar os detalhes finais da negociação com a equipe de Valentino Rossi.

De acordo com Paolo Ciabati, diretor-esportivo da Ducati, o acordo será oficializado na próxima quarta-feira, dia 23 de junho, pouco depois de outro aguardado comunicado ser divulgado no paddock, envolvendo SRT e Yamaha.

“Na quarta-feira formalizamos com a VR46, faltam poucos detalhes. Claudio Domenicali está aqui hoje e vamos aproveitar para definir as últimas coisas”, afirmou em entrevista à Sky Sport.

VR46 se uniu à gigante do petróleo da Arábia Saudita para 2022 (Foto: Aramco)

LEIA TAMBÉM
 Oliveira ratifica melhora da KTM com vitória impecável no GP da Catalunha
 Produção em série de talentos por Moto3 e Moto2 coloca pressão nos pilotos da MotoGP
⇝ KTM foge do padrão e acerta ao oferecer contrato duradouro para Binder na MotoGP
⇝ Yamaha mostra insatisfação com forma de Viñales, mas dá 2ª chance e evita jogar toalha
⇝ Gardner ganha chance na MotoGP para consolidar evolução mostrada na Moto2
⇝ Longe das vitórias e em crise, Honda pode ter concessões na MotoGP em 2022?

A dupla de pilotos ainda não está definida, mas Luca Marini, irmão de Rossi, é o favorito a uma das vagas. Atualmente, ele corre na Avintia Ducati. “A decisão sobre os pilotos da VR46 é a equipe que vai tomar. Quando considerarem oportuno dizer os nomes, seguramente será a melhor opção para eles e para nós também”, completou o dirigente.

A VR46, de Valentino Rossi, vai estrear na MotoGP na próxima temporada. Resta, porém, oficializar qual montadora vai fornecer equipamento para o time. O heptacampeão da classe rainha do Mundial afirmou, dias atrás, que decisão vai sair na próxima semana, antes do GP da Holanda, em Assen. As primeiras informações apontam que o time vai utilizar motos GP21 Desmosedici, um modelo inferior ao da equipe de fábrica da montadora italiana.

“Eu acho que vamos dar notícias oficiais na próxima semana, nos dias após a etapa da Alemanha e antes de Assen”, disse Rossi às vésperas da prova alemã.

A largada do GP da Alemanha de MotoGP, oitava etapa da temporada 2021, está marcada para as 9h (de Brasília). Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar