Dois GPs por fim de semana e até Portimão: FIM lista opções para ter MotoGP em 2020

Presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), Jorge Viegas afirmou que está trabalhando junto com a Dorna para encontrar alternativas para a temporada 2020 da MotoGP. O calendário do Mundial está em xeque por causa da epidemia de coronavírus

A MotoGP segue trabalhando em alternativas para realizar o campeonato de 2020 em meio à uma série de restrições impostas pela epidemia de coronavírus. E os planos alternativos vão da realização de duas corridas em um mesmo fim de semana até a introdução de uma nova pista na programação.
 
Presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), Jorge Viegas admitiu que é improvável que o GP das Américas aconteça na data prevista. Austin declarou estado de emergência e, além disso, a Itália colocou todo o país de quarentena
Jorge Viegas é o presidente da FIM (Foto: FIM)
Paddockast #51
QUEM VENCEU 'DRIVE TO SURVIVE' 2?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

“As chances de o GP nos Estados Unidos, em Austin, acontecer em 5 de abril são poucas”, disse Viegas em entrevista à Radio Catalunya. “Mas nós estamos trabalhando para encontrar uma solução alternativa a essa pista. Mas as coisas estão mudando tão rapidamente no momento que não posso dizer muito mais”, seguiu.
 
Por contrato, a FIM exige que a Dorna realize ao menos 13 corridas, mas Viegas se mostrou confiante na realização de mais etapas, também por considerar uma série de planos alternativos. 
 
“No momento, estou confiante de que o campeonato possa contar com mais de 13 corridas. Se tivermos de correr em janeiro, correremos. Também vamos considerar fazer dois GPs no mesmo fim de semana, assim como a possibilidade de correr a portas fechadas se não tivermos soluções alternativas”, apontou. “Do jeito que as coisas estão atualmente, todas as possibilidades ainda estão abertas. Nós devemos ser flexíveis e ter imaginação”, defendeu.
 
Ainda, o português Vieges admitiu a possibilidade de encaixar Portimão no calendário. 
 
“Portimão é uma das pistas reservas do calendário, assim como Estoril. E, em Portugal, não temos restrições no momento”, concluiu.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube