Dovizioso assina contrato de dois anos com Ducati e substitui Rossi em 2013, afirma site italiano

Andrea Dovizioso, atualmente na Tech 3, será o substituto de Valentino Rossi na Ducati a partir de 2013. De acordo com o site 'Sportmediaset', o italiano de 26 anos assinou contrato de dois anos com a equipe vermelha

 

A decisão de Valentino Rossi de voltar para a Yamaha em 2013 já serviu para uma segunda movimentação no mercado de pilotos. E é isso que garante o site italiano 'Sportmediaset'. De acordo com a publicação, Andrea Dovizioso fechou um contrato de dois anos com a Ducati, para assumir a vaga deixada por Rossi e formar dupla com Nicky Hayden, que já renovou com a equipe italiana por mais uma temporada. O anúncio deve acontecer na próxima semana. 

O italiano de 26 anos atualmente defende a satélite Tech 3 e era cotado o lugar de Ben Spies na Yamaha de fábrica, mas a opção de Valentino encerrou as chances de Dovizioso. O piloto, que neste ano foi ao pódio em quatro oportunidades, nunca escondeu que seu objetivo principal para 2013 era retornar a uma equipe oficial e chegou a dizer que, se não conseguisse atingir a meta, poderia deixar a MotoGP e se transferir para o Mundial de Superbike.

Dovizioso assinou com Ducati, afirma imprensa italiana (Foto: Tech 3)

Ainda segundo o site, Dovizioso obteve os pontos que desejava da Ducati/Audi – a montadora alemã adquiriu no primeiro semestre a equipe italiana -, e o contrato foi firmado nesta semana. O italiano exigiu garantias de apoio e desenvolvimento por parte do time vermelho.

A escuderia de Bologna havia procurado Cal Crutchlow, colega de Andrea na francesa Tech 3, mas o inglês não se convenceu da proposta. A busca por Dovizioso começou logo depois que Valentino passou a conversar mais seriamente com a Yamaha. A Ducati também se apressou em manter Hayden em função da iminente perda do italiano.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube