Dovizioso diz que “nada mudou” em negociação com Ducati após pódio na Espanha

Andrea Dovizioso conquistou no GP da Espanha seu primeiro pódio em Jerez de la Frontera com a MotoGP. Ainda assim, negociação com a Ducati segue pendente

LEIA TAMBÉM
SUPER-HERÓIS DE CARNE E OSSO: os retornos mais impressionantes do Mundial

Andrea Dovizioso contou que “nada mudou” em sua situação com a Ducati após o GP da Espanha, abertura da temporada 2020 da MotoGP. O #4 foi o responsável pelo melhor resultado da casa de Bolonha na corrida do dia 19 e, com o terceiro lugar, conquistou seu primeiro pódio no traçado andaluz na classe rainha.

Apesar de ser o líder da Ducati nos últimos anos, Andrea segue sem contrato para 2021. O italiano negociava com o time de Bolonha durante o longo atraso causado pela pandemia do novo coronavírus, mas as tratativas empacaram no quesito financeiro.

Andrea Dovizioso (Foto: Ducati)

A Ducati admitiu na semana passada que as duas partes optaram por iniciar o campeonato e voltar a falar apenas em agosto. Por enquanto, Jack Miller é o único confirmado no time de fábrica.

“Nada mudou. Agora nós estamos focados nas corridas, pois depois de um bom resultado no domingo, temos de manter a posição que conseguimos no domingo”, disse Dovizioso. “Vai ser difícil, pois muitos pilotos são realmente rápidos atrás de mim, então teremos de dar um passo. Depois disso, podemos pensar em estratégia e outras coisas”, seguiu.

Vice-campeão nos últimos três anos, Dovizioso considerou que a Desmosedici ainda está um passo atrás das rivais em termos de performance, mas, mesmo assim, acredita que pode se manter na briga pelo título.

“O último fim de semana foi muito duro, especialmente na corrida. Não podia guiar como queria, então foi muito físico do início ao fim. Assim, terminar no pódio foi muito importante para o campeonato”, explicou o piloto de Forli. “Estou muito feliz por estar aqui depois de quatro dias, pois podemos trabalhar em alguns detalhes e esta é a melhor maneira de trabalhar na moto. Nós analisamos muitas coisas, temos muitas ideias, vamos ver se funciona, pois é do que precisamos, dar um passo com a nossa velocidade”, seguiu.

“Quero estar lá e vou lutar para estar lá. Só vou falar depois da corrida. Só fizemos uma, a minha sensação não foi tão boa e eles [Yamaha] mostraram um potencial melhor, mas foi só uma corrida. Queremos estar lá, estivemos nas últimas temporadas, mas muita coisa pode mudar”, reconheceu. “Minha sensação não é tão boa, então precisamos entender o quanto de margem temos em relação à velocidade e isso pode mudar de uma maneira positiva ou negativa”, concluiu.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Andaluzia, terceira etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Paddockast #71 | A VOLTA DA STOCK CAR COM BUENO E ABREU
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube